Sábado, 13 de Junho de 2009

UM TEXTO MEU

cyberiade.blogs.sapo.pt/arquivo/124997.html 

 

Citação: Sim. Eu já li o livro deste autor. Vou apenas citar duas passagens do dito, para deixar uma ideia, de quão arrepiante é ler este livro. Mas como já está dito, vale a pena lê-lo, por uma vez só que seja. E passo a citar: dois textos. 1ª citação

Tu que és meu amigo, também és amigo de Deus, sim és que eu sei. Olha quando o encontrares, diz-lhe que eu o odeio com todas as forças do meu coração, Porque ele deixou morrer o meu vizinho do lado que deixa 6 filhos menores sem ninguém que lhe garanta o sustento. E quando se é Deus todo-poderoso, e pai misericordioso, não se deixa morrer o único garante de 6 crianças indefesas, que agora vão morrer de fome porque nem de roubar para comer, eles são capazes, de tão frágeis que são. Quem tal atrocidade permite, não é misericordioso, nem bom, mas sim o pior dos algozes.
2ª Citação. O PODER DO DINHEIRO CEGA TUDO E TODOS.
O tilintar do dinheiro. O poder do dinheiro não tem limites. Ele compra a prostituta mais reles, velha e sebosa. Compra também a soberana do maior império do mundo, apenas o preço pode ser diferente, entre uma e outra. Ele compra os Deuses e os santos e os seus representantes na terra. Eu posso provar tudo isso através da História. O dinheiro compra ainda a justiça e os seus representantes, compra ainda os grandes mentores do amor e do crime. Eu gostava de poder publicar aqui o livro na integra, mas alguém a quem eu o emprestei esqueceu que eu era o dono, vendeu assim a sua honra, por um miserável livro que nunca foi permitido em Portugal antes do 25 de Abril, e depois apareceu uma imitação reles mas que vendeu mesmo assim. HIPERLIGAÇÃO TIRADA DA NET.  Eduardo Gonçalves
P. S. klik na hiperligação em cima que vai encontrar mais dados.
 

 


publicado por Fisga às 16:26
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De vera a 13 de Junho de 2009 às 20:20
Fui ver o link que deixou.
Fiz questão de ler todos os artigos.
Confesso que impressionei-me com a realidade.
Mas não percebo os assuntos do cerebro.


De rosafogo a 14 de Junho de 2009 às 00:09
Querido amigo

Fiz a leitura e fui ver o resto.
Nada me apavorou, nem me levou a estar contra ou a favor do que diz o escritor. Sabes o que acho é que todos nós temos as nossas dúvidas, principalmente quando achamos que não merecemos as tropelias da Vida, a amargura, a dor, tudo o que é mau, e elas nos acontecem.Tantas vezes Deus me parece injusto, até chego a ter medo dos pensamentos que me surgem em certas ocasiões. Um pensamento amargurado, uma Vida difícil mesmo que sendo a dum conhecido, faz-nos pensar será que Ele está presente?!

Despertaste em mim o interesse, amanhã já vou ver se compro, eu gosto de ler e meditar.

Um beijinho
boa semana, obrigada pela tua visita és um amigão
Natalia


De Fisga a 14 de Junho de 2009 às 10:49
Olá Amiga Natália. Não percas o teu precioso tempo. Pois só encontrarias em Alfarrabistas, e mesmo assim quase que punha as minhas mãos no lume, como não se encontra. tenta na net , E se não encontrares nada, não te espantes, porque eu Sei que não é nada fácil encontrar algo dele. A única coisa que eu encontrei nas minhas pesquisas, foi o que que se encontra no endereço que está no cimo do post . sob o titulo UM TEXTO MEU: Aí se klicares vai-te levar Á página onde está o pouco que eu encontrei sobre o livro. Palavras CÍNICAS. Um beijo e tudo de bom Eduardo.


De rosafogo a 14 de Junho de 2009 às 15:31
Olá Eduardo

Tens razão não ía concerteza arranjar com facilidade,
mas estive a ver melhor e acabo de imprimir as cartas
que me parece são vinte, para ler em pormenor. Olha
como o escritor se acharia com toda a razão no que afirma, hoje com tanta trafulhice, com tantos a passar por cima de tudo , para conseguirem os intentos, tantos corruptos, tanta maldade sem se vislumbrar futuro melhor. Obrigado, trouxeste-me algum conhecimento pois embora o nome não me fosse desconhecido, não tinha lido nada.
Ainda por cima nasci no mesmo dia que ele por isso sou também tão refilona... e é já o segundo o outro também nascido neste dia é Eugénio de Andrade de quem herdei a parte mansa.
Querido amigo, tudo bom para ti e desculpa, toda esta conversa, mas eu gosto de conversar contigo.

Beijinho
Natalia


De Fisga a 14 de Junho de 2009 às 15:56
Olá Amiga Natália. Não incomodas nada Amiga, eu tenho muito prazer em poder ajudar seja quem for e no que for. Estou sempre ás tuas ordens. para o que tu precisares. beijinho e bom resto de Domingo. Eduardo.


De rosafogo a 15 de Junho de 2009 às 01:02
Afinal, aqui só para nós, não gosto muito dele porque ele diz muito mal das mulheres, não lhe escapa uma...
nem tanto ao mar, nem tanto á terra é um bocadinho machista para o meu gosto.

Meu amigo, boa semana
Beijinho


De Fisga a 15 de Junho de 2009 às 11:35
Olá Amiga Natália. Olha Minha Amiga. Se um dia lesses a biografia dele, como eu já li, e era o que eu queria encontrar, na net , mas não encontrei, talvez mudasses de ideias. Mas mesmo assim vou-te dizendo que ele teve as suas razões. E só lendo o livro, podemos fazer avaliação mais completa. Quanto ao dinheiro e o seu valor, eu pergunto a mim mesmo, se ele não terá razão. O dinheiro cega as pessoas, Quando se vive num mundo cão, como aquele em que nós vivemos. Mas eu na dúvida. Tento aceitar as pessoas como elas são, e não como eu gostaria que elas fossem. Beijinho De amigo do peito. Eduardo.


De Ivete a 14 de Junho de 2009 às 19:25
O autor estava de fato,completamente descrente de tudo,né amigo?

Um beijinho


De Fisga a 14 de Junho de 2009 às 19:48
Olá Grande Amiga. primeiro obrigado por vires, pois és sempre recebida com carinho e respeito. Em segundo lugar, Parabéns por perderes o medo. Quanto ao autor. Pois não é uma obra fácil de ler, mas é ainda menos fácil de encontrar. Olha abre a hiperligação que está no cimo do post e lê porque o livro foi editado no Brasil, em 1927, se não estou errado. Em Portugal nunca foi autorizado. Mas é verdade o nosso homem estava mesmo zangado com deus. Quando é que fazes a tua aparição em publico?
É só para me dizeres que estiveste em tal parte assim, assim? Não sei se me fiz entender. Beijinhos e tudo bom. Eduardo.


De rosafogo a 15 de Junho de 2009 às 01:08
Não sei o que se passa, que não consegui enviar o comentário, mas cá vai de novo.

Aqui só para nós, não gostei muito dele, diz muito mal das mulheres, não lhe escapa uma... também nem tanto ao mar, nem tanto á terra. Achei-o um bocadinho machista e bem vistas as coisas, odiando tudo e todos, ao princípio até lhe dei uma certa razão, porque o Mundo está cheio de gente de mau caracter, mas é muito brusco, para o meu gosto.

Beijinho, boa semana
Natalia


De 100timento a 15 de Junho de 2009 às 16:24
Peço desculpa pela invasão mas este tema despertou em mim uma certa curiosidade e em pesquisas acabei por ler e conhecer um pouco este escritor.


Albino Maria Pereira Forjaz de Sampaio (Lisboa, 1884 – Lisboa, 1949), escritor português, foi autor de um dos livros mais vendidos (em Portugal) do século XX – Palavras Cínicas (1905) – que à morte do autor tinha já tido 46 edições. Dele disse Almada Negreiros no seu Manifesto Anti-Dantas: «E o raquitico Albino Forjaz de Sampaio, crítico da Luta a que o Fialho com imensa piada intrujou de que tinha talento!»

http://www.esnips.com/doc/440c12ad-976f-48c9-9f20-de7546bbeb4b/Albino-Forjaz-de-Sampaio---Palavras-c%C3%ADnicas-(rev)


Um abraço e obrigado pois creio que enriqueci mais um pouco do pouco que sei...Rui


De Ana a 15 de Junho de 2009 às 21:48
Estas 2 citações não podiam estar mais certas (no meu ponto de vista, claro). Fiquei com curiosidade de ir ler o resto. Aí vou eu ao link
beijo


Comentar post

.quem sou eu

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. O RELÒGIO

. RECORDAÇÕES

. É TÃO TRISTE

. AS MINHAS DUVIDAS

. UM NOVO ANO

. UM BOM NATAL

. PING PONG

. DIAS DE INCERTESA

. ALEGRIA TOTAL

. JANEIRO DE 2013

. PENSAMENTOS

. O FILHO PRÓDIGO

. SINAIS DOS TEMPOS

. UM AZAR NUNCA VEM SÓ

. O TIATRO DE REVISTA

.arca_animais-micros...

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

.Visitas

 

.arca_animais-micros...

blogs SAPO

.subscrever feeds