Segunda-feira, 24 de Agosto de 2009

O DESTINHO

 

 

O MEU QUATRILEMA
 
AS QUATRO ESTAÇÕES
Que não gosto de trabalhar
É o que dizem de mim,
Eu que passo a vido a lutar
Para vencer um fardo assim.
 
No Inverno tenho azar
Levanto-me já cheio de fome,
Como há-de poder trabalhar
Quem em toda a noite não come.
 
O povo é ignorante e é pena
Não sabe compreender,
Quão grande é o meu dilema
Ter fome e não ter que comer.
 
Depois vem a primavera
E as coisas já são diferentes,
Levanto-me e fico á espera
Que haja trabalho
Para os dentes.
 
Mas a crise já se instalou
E chamam-me desgraçado,
Dão-me trabalho e eu não vou
Pois não aceito nada dado.
 
Entretanto chega o verão
E eu não posso com o calor,
Chamam-me logo calão
E tudo fica pior.
 
Se as pessoas me ajudassem
A recuperar a minha imagem,
Talvez as coisas melhorassem
E eu ganhasse mais coragem.
 
Mas ninguém ajuda nada
Só sabem é acusar,
E com lata descarada
Que eu não quero é trabalhar.
 
Depois chega o Outono,
Aí já tudo melhora,
Faz-me proveito o que como
E fico mais forte hora a hora.
 
Mas as pessoas acusam-me
Para me desmoralizar,
E até comida me recusam
Dizem-me que vá trabalhar.
 
Mas eu não sou o culpado
A culpa é do sistema,
O homem não foi criado
Para viver este dilema.
 
Quando Adão e Eva viveram
Tudo era mais perfeito,
Até um jardim lhe ofereceram
Onde tudo já estava feito.
 
Á! Como era bom nessa altura
O homem era mais humano,
Havia de tudo com fartura
Em qualquer época do ano.
Autor. EDUARDO GONÇALVES

publicado por Fisga às 08:00
link do post | comentar | favorito
|
21 comentários:
De casimirocosta a 24 de Agosto de 2009 às 18:21
Está certo poeta, se o trabalho dá saude que trabalhem os doentes,"brincadeira nós sabemos que temos que trabalhar"
Um abraço do tamanho de Portugal
Casimiro Costa


De Fisga a 24 de Agosto de 2009 às 21:15
BINGO. AMIGO CASIMIRO. ESSA É DE MESTRE. PARABÉNS E OBRIGADO POR VIR. UM GRANDE ABRAÇO. EDUARDO.


De Fisga a 25 de Agosto de 2009 às 09:59
Olá amigo Casimiro. Essa tem a pontuação máxima. Um grande abraço e tudo de bom. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 25 de Agosto de 2009 às 08:36
Eduardo

É realmente um dilema essa do trabalho; está muito
bem exposto e tem montes de graça.
E tu como vais? Primas pela ausência e eu estranho,
um pouco, a tua assiduidade costumeira.
Mas tu tens a tua vida! Eu sei!
Parabéns pelo que escreveste.

Com amizade,

Maria Luísa


De Fisga a 25 de Agosto de 2009 às 09:53
Olá amiga Luísa. Antes do mais obrigado por vires, e pelo teu carinho e compreensão. Eu sei que tu tens muita razão. Mas eu vejo-me num beco sem saída, que provavelmente eu próprio criei, mas que agora não sei como sair dele. Parece que todo o mundo apostou em me contrariar nos meus planos. Quando cheguei, tinha uma parafernália de mensagens, para responder, e alguns comentários. Precisamente quando estou a acabar de por a escrita em dia, já recebi uma notícia a dizer-me que para a semana próxima que tenho que ir de novo mais uma semana. Quando me parece que as pessoas pensam que eu não tenho vida própria, e nem direito a ela, eu fico piurço, mas depois, estão em jogo os netos que não tem culpa nenhuma do que os adultos pensam ou fazem, e fico sem forças para dizer seja o que for. E assim está assente que Domingo dia 30 lá vou mais uma semana para fora, até dia 6 de Setembro. E é assim a minha vida. Mas Não há bem que sempre dure, e nem mal que sempre ature, espero que as coisas mudem com a abertura das aulas. Um beijinho amiga Luísa e tudo de bom para ti. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 25 de Agosto de 2009 às 16:43
eduardo
Fiquei muito feliz por saber de ti. Mas as obrigações
chamam-te e tu tens de dar uma ajuda. Entendo!

Aguardemos melhores dias; já estou a ficar farta de tantas férias e desejo que o Setembro venha rápido,
para regressar.
Então só vens a 6 de Setembro? Percebido e deves ter montes de coisas para responder que se vão amontoar com mais uma semana de ausência.

Bem, tudo ou quase, saído em Agosto (não tenho muito de que me queixar, mas noto diferença)ficou
numa espécie de esquecimento!

Só torno a escrever em Setembro.

beijos para ti e obrigada por escreveres.

Mª. Luísa


De Fisga a 25 de Agosto de 2009 às 19:30
Olá amiga Luísa. Sim amiga, eu saio no dia no dias 29 e regresso, no dia 5 ou 6, depende como as coisas correrem. depois com o fim das férias e o começo das aulas, tudo se começa a normalizar. depois nos encontramos melhor. Um grande beijinho e desejo-te um resto de férias muito reconfortante. Eduardo.


De maripossa a 25 de Agosto de 2009 às 17:24
Amigo Eduardo. Sei que está de saída, mas antes venho deixar um sorriso de amizade, e dizer que gostei deste poema, que tem um pouco de humor, mas se a vida não fosse assim era uma chatice, já assim sabe Deus as vezes, dizem que o "trabalho dignifica o homem"mas se calhar foi alguém que já não reina que o criou? Vejo muitos a ganharem milhares e trabalho adeus que se faz tarde, compram tudo feito e são os maiores dizem? a vida está boa para esses é verdade, os (tolos) que trabalhem para eles.
Beijinho amigo até Setembro com saúde desejo fico esperando a visita sempre muito querida. Lisa

Eu saio na sexta cedo e volto para Setembro!


De Fisga a 25 de Agosto de 2009 às 19:24
Olá amiga Lisa. Vi que sai na Sexta-feira. Desejo-lhe muito boa viagem, boa estadia e melhor regresso. Eu provavelmente saio no Sábado, mas eu vou para perto, fico aqui pelas Caldas da Rainha. E é só até dia 6 de Setembro. Um beijinho e tudo de bom. Eduardo.


De Alzira Macedo a 25 de Agosto de 2009 às 17:51
Eduardo....

Aplausos !!! clap , clap , clap rsrsrsrs
Gostei do que li...
sim senhor quem diria que tinhas tanto jeito para escrever com tanto humor...
A crise também não foi esquecida, mas esta já foi encoberta pela gripe H1N1 ...
enfim vamos esperar que esta gripe passe rapidamente e o que virá para abafar tanta miséria ?
Um beijo e até breve


De Fisga a 25 de Agosto de 2009 às 18:56
Olá amiga Alzira. Sejas bem aparecida, está tudo bem? Espero que sim. Muito obrigado por vires, gostei de saber que gostaste. Eu sou assim, quando tiro o casaco, foco logo em mangas de camisa. Pois é eu já estava farto de ir bater na tua porta, mas estava sempre a mesma publicação. Sejas bem vinda. Um grande abraço sete amigo. Eduardo.


De Just Moments a 26 de Agosto de 2009 às 18:51
Olá Amigo!!

Ai como é bom ter Amigos assim!!

E tudo feito também não tem piada! A conquista é boa..até dos Amigos!

Bem vindo..

Beijinhos

ps..gostava de saber porque os Teus post não aparecem no meu perfil!!


De Fisga a 26 de Agosto de 2009 às 20:49
Olá amiga Just . Obrigado por vires, é sempre um prazer receber a tua visita, e as tuas palavras, tão simpáticas como tu. Tu já te imaginaste num éden, feito por medida para nós, como aconteceu com o Adão e com a Eva? Aquilo é que é ter sorte. Olha amiga a tua pergunta é muito oportuna e eu gostava de te saber responder, mas Com muita pena minha, não sei. Mas vou-te contar uma anedota que tem a ver. ( Um namorado disse para a namorada: Ò filha, estás a ficar com as maminhas tão molinhas: Resposta dela: Olha amor, é verdade que todos se queixam do mesmo, mas eu garanto-te que só tu é que aqui mexes.) Eu também te garanto, que só tu é que te queixaste, ma quem sabe as outras pessoas tem vergonha de se queixarem. Desculpa a brincadeira, espero que não leves a mal, podes cortar se quiseres. Mas lembrei-me de repente, por tu te queixares. Um abraço deste teu amigo. Eduardo.


De Just Moments a 27 de Agosto de 2009 às 15:03
..Não levei nada a mal!! Fartei-me de rir!!

E se só eu é que me queixei...bem..não entendo!
Mas se so Tu é que mexes..eheh

Olha que o paraíso tinha a cobra..e o Adão foi trocado por uma maça!!

Beijinhos Amigo


De MIGUXA a 27 de Agosto de 2009 às 19:30
Eduardo,

Meu doce amigo, sei que vai estar ausente deste nosso convívio, felizmente por boas razões, os netinhos .
Queria reforçar o meu agradecimento pelo carinho que me tem sempre demonstrado.

Até já
Beijinho ternurento
Margarida


De Fisga a 28 de Agosto de 2009 às 15:49
Olá amiga Margarida. Obrigado por vir, é uma gentileza muito grande da sua parte no seu estado de convalescente. Não faço nada para que me seja agradecido. faço de livre e espontânea vontade, e acima de tudo por amizade. a Margarida, é digna de toda a minha amizade, e carinho pois é de uma sensibilidade imensa, para não falar de carinho e amor de que o seu coração está repleto, a sua forma de estar na vida é a testemunha fiel disso. Desejo-lhe rápidas melhoras. Um beijinho. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 28 de Agosto de 2009 às 11:42
Eduardo

reparei que ainda cá estás.
Sei que gostas de animais!

Por favor, vai ao meu blogs e Lê e Divulga "Abandonados"...

Bºs, Mª. Luísa


De Emanuela a 31 de Agosto de 2009 às 02:17
Ai, amigo, tais a me sair um grande artista. Adorei estas tuas palavras tão engraçadindas... Parabéns!

Beijinhos


De *FreeStyle* a 31 de Agosto de 2009 às 09:09
Olá Eduardo...

Sabes...eu acho que só se devia trabalhar um mês por ano, mas depois era um problema, qdo faziamos férias? IoIoI.



Abraçuuuuuuuu


Comentar post

.quem sou eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 40 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.arca_animais-micros...

.arquivos

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

.Visitas

 

.arca_animais-micros...

SAPO Blogs

.subscrever feeds