Domingo, 6 de Setembro de 2009

AMIGOS

 

 

O MEU OBRIGADO
O  poema, que se segue, é da autoria de uma grande poeta e amiga. Rosa Silva,
com o epíteto, de azoriana. = 
http://blogs.sapo.pt/userinfo.bml?user=azoriana
Foi improvisado sobre o colo, já que se trata do comentário a um post. Meu publicado em 20 /07 no meu blog. Eu achei por bem pedir a sua autorização para o publicar, já que e nestas pequenas e improvisadas poesias que se nota a veia poética do artista. Para a amiga Rosa Silva, o meu Obrigado e um grande abraço deste grande amigo. Eduardo.
De Azoriana a 24 de Julho de 2009 às 13:46
Há poeta! Dás-nos uma grande lição numa
 Moldura poética.

Caro amigo Eduardo Gonçalves

A ternura seja feita
Em molduras como esta
Porque tudo o que espreita
Aos poucos se manifesta.

Há muita surpresa e dor
E também muitas desgraças
Para semear o amor
Muita mais ternura passas.

A ternura já se vê
Pelas ruas da amargura
E hoje não sei porquê
Quis tê-la com mais fartura.

Venham abraços aos molhos
De encontro ao coração
E no sorriso dos olhos
Nasça a luz de um refrão.

Ternura, bela ternura,
Não te vejas como um fardo,
Tira toda a desventura
E dá ao amigo Eduardo
A prova que há ventura
Nestas rimas em que ardo.

Ternura rima com paz
Amor e muita amizade
E no virtual se faz
Tom amigo de verdade
E cada verso nos traz
O que fica p'ra mais tarde.

Um abraço de ternura!

publicado por Fisga às 08:00
link do post | comentar | favorito
|
74 comentários:
De casimirocosta a 6 de Setembro de 2009 às 11:29
Olá meu amigo Eduardo.
Depois de ler esta maravilha fiquei curioso em saber quem era essa Senhora.
Agora estou maravilhado com o que encontrei no blog da azoriana, adorei! São pessoas assim que me fazem sentir tão pequenino. Parabens pelo seu gosto.
Um abraço amigo.
Casimiro Costa


De Fisga a 12 de Setembro de 2009 às 12:36
Olá amigo Casimiro. Antes do mais, Obrigado por ter vindo. Quanto ao post, como o amigo já deve ter visto, é um trabalho de uma grande amiga, que é a azzoriana, ela é uma poetisa de mão cheia, como diria um Brasileiro. Ela fás poesia a partir de tudo e mais alguma coisa. Eu apenas copiei para o meu blog. O que ela escreveu. Esta Sra. Já cantou a sua Ilha de uma ponta até à outra. Fora as coisas que ela publica, que não têm a ver com a Ilha. Um grande abraço deste amigo. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 6 de Setembro de 2009 às 18:11
EDUARDO

Volta rápido! Sinto a falta da tua amizade virtual.

E fazes falta, no conteúdo dos blogs.

Beijos,

Mª. Luísa


De Fisga a 12 de Setembro de 2009 às 12:47
Olá amiga Maria Luísa. Espero que esteja tudo bem contigo. Vou responder ao primeiro comentário que tenho à cabeça Na minha caixa de correio. Só para te dizer que já cá estou, pronto para fazer o que eu conseguir fazer que é responder a todas as solicitações que me foram feitas ao longo desta minha ausência. Também eu sinto a tua amizade, que não sei distinguir se é virtual ou não. Sei que é uma amizade muito sincera. Beijo. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 12 de Setembro de 2009 às 20:11
TAMBÉM JÁ CONFUNDO O VIRTUAL COM O REAL.

Mª. Luísa


De Fisga a 13 de Setembro de 2009 às 17:25
Minha querida amiga: a amizade quando é verdadeira, é propicia a que se confundam as coisas. Eu sei o que isso é. Beijinho no teu coração. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 13 de Setembro de 2009 às 19:16
Na realidade, tens razão, a amizade vem do âmago
do nosso ser e não tem explicação plausível.

É virtual e real, num conjunto simultâneo e se confundem uma com a outra e se transformam numa só.
Por isso sentimos que as pessoas estão perto de nós e como amigos, fazem parte da nossa vida.

Correcto?

Beijos para ti,

Maria Luísa



De Fisga a 14 de Setembro de 2009 às 11:24
É tal como dizes Luísa. A amizade não tem adjectivos. É apenas amizade, independentemente de como a sentimos, a damos e a recebemos. Assim é a nossa porque é sincera, agradeço-te por nos termos encontrado e por sermos assim. Beijo. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 14 de Setembro de 2009 às 18:23
Eduardo

Eu também me sinto feliz com o nosso encontro, feito de uma amizade incólume e pura como o Cristal.

Beijos,

Mª. Luísa


De Fisga a 14 de Setembro de 2009 às 20:50
Amiga Luísa. Felizmente para nós dois, que assim é. Vamos pensar que sempre será. Beijo. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 15 de Setembro de 2009 às 09:57
Eduardo

E se Deus o permitir, nós estaremos com Ele e vamos
pensar : "Assim Será"...

Com carinho,

Maria Luísa


De *FreeStyle* a 7 de Setembro de 2009 às 06:00
Sem duvida nenhuma que a Senhora é uma verdadeira Poetisa.

O poema está uma verdadeira ternura, parabens.

Abraço Eduardo


De Fisga a 12 de Setembro de 2009 às 14:57
Olá amigo fre. Obrigado por vires. Obrigado também por teres gostado, pois este post. Não tem nada de meu a não ser a homenagem aquela grande amiga e grande poetisa, que é A Rosa Silva. (Azzoriana) Mas fico feliz por gostares, Pois quem gosta dos meus amigos, gosta de mim também. Um grande abraço. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 7 de Setembro de 2009 às 12:13
Fisga

Que se passa contigo?

Espero estejas bem de saúde.

Quando possível dá noticías!

beijos,

Mª. Luísa


De Fisga a 12 de Setembro de 2009 às 15:02
Olá amiga Luísa. Felizmente não se passa nada comigo. Apenas me ausentei, por uns dias, foi fazer de ama-seca. De resto está tudo bem apenas algumas, muitas saudades das pessoas que me são queridas. Mas agora já estou de volta. Um beijo e tudo de bom para ti. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 12 de Setembro de 2009 às 20:07

Que bom estares de regresso; já respondi ao teu belo
comentário.

Tinha saudades tuas! Nos voltamos a encontrar!

Beijos,

Mª. Luísa


De Azoriana a 7 de Setembro de 2009 às 15:07
Vim à Junta de Freguesia da Conceição para agradecer a publicação da minha dedicatória em verso. Fico contente por relembrar a verdade que ela continha.
A amizade é pura ternura.
Grande abraço e votos de um regresso em pleno para esta ciranda de amizades.


De Fisga a 12 de Setembro de 2009 às 15:34
Olá amiga Rosa Silva. Venho só Dizer-lhe que estou muito feliz, porque mesmo eu estando ausente, todo o mundo gostou da homenagem que lhe prestei. Até uma pessoa de que sou amigo há pouco temo. O meu amigo Casimiro Costa. Adorou ler coisas suas. Um forte abraço. Eduardo.


De Just Moments a 7 de Setembro de 2009 às 15:11
Muito bonito mesmo!

Parabéns à Sra..

E Tu Amigo? está tudo bem??

Beijinhos


De Fisga a 12 de Setembro de 2009 às 15:38
Olá minha querida amiga Just. Espero também que esteja tudo bem contigo. Comigo está tudo bem felizmente. Estou muito feliz por teres gostado da homenagem que eu prestei à minha amiga Azzoriana. Ela é o máximo. Obrigado por teres vindo. Um grande beijinho para ti e tudo de bom. Eduardo.


De MIGUXA a 8 de Setembro de 2009 às 00:06
Eduardo,

Amigo fico feliz pelo seu regresso ao nosso convívio, as saudades já me tocavam.

Espero esteja tudo bem consigo.

Noite serena
Beijinho ternurento
Margarida

Azoriana é uma excelente criadora


De Fisga a 12 de Setembro de 2009 às 15:46
Olá minha grande e terna amiga Margarida. Espero que também consigo esteja tudo bem, que esteja completamente restabelecida. Comigo está tudo bem felizmente. É muito bom saber que alguém tem saudades nossas. É muito bom sinal, fico muito feliz por isso. Mas quero dizer-lhe que também tive muitas saudades suas, e mais porque estava algo mal com a sua saúde, quando eu me ausentei. Espero que tudo já faça parte do passado. Um beijinho com muita ternura e amizade. Eduardo.


De rosafogo a 8 de Setembro de 2009 às 20:58
Eduardo espero que esteja tudo bem contigo, estou em falta com os amigos porque estive ausente ,mas penso recuperar como sabes não é fácil. Eu sei que também te ías ausentar, por isso é natural que ainda não tenhas chegado. Olha amigo quando vieres falamos mais um pouquinho.

Fica bem tudo do melhor te desejo
tua amiga
natalia


De Fisga a 12 de Setembro de 2009 às 15:53
Olá minha querida amiga Natália. Espero que esteja tudo bem contigo. Comigo está tudo bem, dentro do que é possível, apenas com muitas saudades das pessoas que me estimam e que gostam de mim. Já cheguei e espero que por um tempo pelo menos até começarem as férias do Natal. Dizes que estavas atrasada. Se isso te pode dar algum consolo, eu tinha 146 mensagens e comentários, quando aqui cheguei. Estou agora a tentar dar uma volta a isto. Claro que não vou responder a tudo, nem pouco mais ou menos. Um beijinho deste amigo. Que te deseja tudo de bom. E


De rosafogo a 8 de Setembro de 2009 às 21:00
Com isto tudo nada dizia acerca do teu post e da poesia da tua amiga.
Os amigos são assim mesmo, dão-nos alegria necessária a estes dias sempre iguais, é uma bela homenagem, está a poetiza e tu meu amigo de parabéns.

beijo
natalia


De Fisga a 12 de Setembro de 2009 às 15:57
Obrigado minha amiga por vires, e fiquei muito feliz por teres gostado da homenagem que eu fiz à minha amiga. Ela é merecedora. Tal como todas as pessoas minhas amigas. E tu em especial. Um beijinho Eduardo.


De M.Luísa Adães a 9 de Setembro de 2009 às 18:56
fisga

vai por favor ao m/ blogs.

http://premios-prosa-poetica.blogs.sapo.pt


Tenho um mimo para ti

Maria luísa


Comentar post

.quem sou eu

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. O RELÒGIO

. RECORDAÇÕES

. É TÃO TRISTE

. AS MINHAS DUVIDAS

. UM NOVO ANO

. UM BOM NATAL

. PING PONG

. DIAS DE INCERTESA

. ALEGRIA TOTAL

. JANEIRO DE 2013

. PENSAMENTOS

. O FILHO PRÓDIGO

. SINAIS DOS TEMPOS

. UM AZAR NUNCA VEM SÓ

. O TIATRO DE REVISTA

.arca_animais-micros...

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

.Visitas

 

.arca_animais-micros...

blogs SAPO

.subscrever feeds