Sábado, 1 de Novembro de 2008

A MINHA VIDA COM

 

 

EU FIFI

Em certo dia, eu estava sentada perto da ordenhadora, que falava comigo acerca do seu novo namorado. E eu ronronava para ela como que a dizer-lhe que tudo ia dar certo. De repente houve um grito de romper os tímpanos. Como se fosse o grito de um qualquer gato a quem pisassem a cauda. A Mme Diplomata entrou no estábulo, a dizer que não queria gatos por perto da ordenha, você ainda nos envenena a todos. E pegando numa jarra de cobre que estava à mão, atirou-me com ela com tanta força, apanhou-me num flanco, provocando-me uma dor que parecia que eu ia morrer. Quase me matava. Eu com o susto, saltei atabalhoadamente e sem querer fui cair dentro da vasilha do leite. Nisto apareceu a Albertine que pegou na vasilha do leite e a entornou, ficando o chão meio rosado com o sangue que se tinha já misturado no leite. Albertine, com todo o carinho pegou-me ao colo e gritou, alguém que chame o veterinário de urgência. Entretanto, eu desmaiei. Quando acordei estava no quarto de Albertine, dentro de uma caixa muito bem forrada e aquecida, tinha três costelas partidas, e tinha perdido os meus filhinhos. Por algum tempo fiquei muito doente. O veterinário vinha ver-me com frequência, a Albertine disse-me que ele tinha dito palavras muito duras à Mme. Diplomata, como: isto foi uma crueldade, o que a Mme. Fez. As pessoas não vão gostar de saber o que se passou. E não hesitarão em dizer que a Mme. É uma pessoa muito má.

 


publicado por Fisga às 09:00
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Maria a 1 de Novembro de 2008 às 15:44
Estou triste com o que aconteceu à FIFI


De Emanuela a 1 de Novembro de 2008 às 18:06
Cruzes. Que judiação! é mesmo má esta mme, que de mme não tem nada.
Um abraço


De Velucia a 2 de Novembro de 2008 às 01:23
Oh coitadinha da Fifi

Mas diga a Fifi que mesmo a Mme sendo má é preciso perdoá-la.

Um abraço.


De M.Luísa Adães a 2 de Novembro de 2008 às 11:26
fisga

albertine é uma pessoa maravilhosa; a gatinha sofreu muito com aquela criatura malvada; como se pode ser tão mau? Fifi, é o símbolo dos animais que sofrem a crueldade humana ... É uma percentagem enorme!
Cuida dela e tenta dar-lhe um destino melhor. por favor!

beijos,

Maria Luísa

p.s. eu tenho um poema que se chama "O MAL"!
Sempre espreitando a forma de entrar nas nossas vidas e neste caso, a vida da gatinha mais linda do mundo.


De Fisga a 2 de Novembro de 2008 às 13:45
Olá Maria Adãns. Foi exactamente, o que eu pretendi com este conto fictício. Foi sensibilizar as pessoas para os milhões de fifis que há por esse mundo fora. Porque não concorda com o, Endeusamento que se faz em torno do ser humano, no que concerne ao sofrimento, por pessoas que sem o menor escrúpulo mostram prece até que por vaidade os seus dons de carniceiros para com os animais normalmente indefesos. O ser humano sempre se sentiu o mais forte por conseguir vencer os mais fracos e indefesos. Eu peço desculpa de demorar tempo a responder aos comentários, mas estou de candeias ás avessas com o sapo. Um grande abraço e resto de bom Domingo. Eduardo.


De *FreeStyle* a 3 de Novembro de 2008 às 05:47
Bom dia Eduardo..

E o conto continua e....continua muitissimo bem, mais uma vez adorei ( mas a imagem!!!!! ) que raça é?


Abraço


De Fisga a 3 de Novembro de 2008 às 12:16
Olá amigo Freestyle. Antes do mais o meu muito obrigado pela tua visita serás sempre bem-vindo e considerado. Quanto à imagem, não sei se é porque não a conseguiste ver, porque o sapo anda completamente maluco. Ou se de facto não te pareceu persa, de raça, mas ele é de raça persa, o que acontece é o seguinte: o conto é ficção, e as imagens são obtidas na net. E, nem sempre aparece o que eu queria encontrar. Um grande abraço e boa semana. Eduardo.


Comentar post

.quem sou eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 40 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.arca_animais-micros...

.arquivos

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

.Visitas

 

.arca_animais-micros...

SAPO Blogs

.subscrever feeds