Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009

POESIAS VÁRIAS

A FORÇA DO HÁLITO
 
A força do hálito é como o que tem que ser.
E o que tem que ser tem muita força.

Vai (ou vem) um sujeito, abre a boca e eis que a gente,
que no fundo é sempre a mesma,
desmonta a tenda e vai halitar-se para outro lado,
que no fundo é sempre o mesmo.

Sovacos pompeando vinagres e bafios,
não são nada --bah...-- em comparação
com certos hálitos que até parece que sobem do coração.

"Ai onde transpira agora
o bom sovaco de outrora!"

Virilhas colaborando com parentesis ou cedilhas
são autênticas (e sem hálito) maravirilhas.
Quando muito alguns pingos nos refegos, nas braguilhas,
amoniacal bafor que suporta sem dor
aquele que está ao rés de tal teor.

Mas o mau hálito é pior que a palavra
sobretudo se não for da tua lavra.

Da malvada, da cárie ou, meudeus, do infinito,
o mau hálito é sempre, na narina,
como o baudelaireano, desesperado grito
da "charogne" que apodrecer não queria.
 
DE ALEXANDRE O´NÉILL tirado da net. 

 


publicado por Fisga às 10:15
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Alzira Macedo a 26 de Janeiro de 2009 às 10:34
Sim senhor a este texto é que se pode dizer (Nao tem papas na lingua)
logo pela manha com tao mau halito....
confeço que me senti um pouco enjoada ahahaha
Brincadeira...
bj e um feliz dia


De Fisga a 27 de Janeiro de 2009 às 18:13
Olá Amiga Alzira. É de facto é um pouco enjoativo, mas eu gosto muito do Alexandre, é um dos meus poetas preferidos. Um grande Abraço. Eduardo.


De Velucia a 28 de Janeiro de 2009 às 20:26
Olá amigo

Só hoje vi este teu post.

Pergunto...
E quem nunca teve ou já sentiu teu próprio hálito?

Acredito que todos já sentiram. Ou será que não?

Digamos assim, como Groddeck "Quem não tem fezes(sujeira) dentro de si"?
Mesmo que não sintamos o cheiro ela está lá dentro antes de sair.
eu nunca li nada de Alexandre, mas talvez ainda leia algo dele.


Abraço



De Fisga a 29 de Janeiro de 2009 às 12:06
Olá amiga Vera. Antes do mais. Obrigado por ter vindo. Eu adoro o Alexandre Óneillo, como poeta, mas isso não significa que a <vera também goste e muito menos que tenha que gostar Um abraço Eduardo.


De Velucia a 29 de Janeiro de 2009 às 21:53
Desculpe se o ofendi!
Não foi minha intenção!
Apenas fiz um paralelo do que escreveu de Alexandre com Groddeck.
Realmente você está certo. Não necessariamente temos de gostar das mesmas coisas.

Abraço.


De Fisga a 31 de Janeiro de 2009 às 16:22
É isso aí. A Vera tem toda a razão, ainda bem que ainda não se paga imposto para poder-mos ter o livre arbítrio de podermos gostar, uns de umas coisas, outros de outras coisas. Um grande abraço Eduardo.


De M.Luísa Adães a 29 de Janeiro de 2009 às 13:20
obrigada , Eduardo, por nos presenteares com
Alexandre O´Neill.

beijos para ti,

maria Luísa


De Fisga a 31 de Janeiro de 2009 às 12:19
Olá amiga Maria Luísa. Fico muito contente por teres gostado. Ele tem poesias que eu não preso muito, mas no computo geral, é dos poetas que eu admiro bastante, e depois também foi por uma questão de comodidade, fui pesquisar e ele foi o primeiro que me apareceu. Um beijo Eduardo.


De M.Luísa Adães a 31 de Janeiro de 2009 às 12:38
Eduardo

Fizeste bem em publicar!

Bom fim de semana.

Bºs, M. Luísa


Comentar post

.quem sou eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 40 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.arca_animais-micros...

.arquivos

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

.Visitas

 

.arca_animais-micros...

SAPO Blogs

.subscrever feeds