Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2009

OS MEUS DESEJOS

 

 

Este desafio, foi-me proposto pela amiga Ana.
http://premiosemedalhas.blogs.sapo.pt
Este desafio consiste em revelar 8 desejos, expor as regras e convidar 8 amigas/os a fazer o mesmo.
As regras consistem em, para alem das 3 já referidas, ir ao blog dos 8 amigas/os escolhidas/os e avisa-las/os que têm um desafio à sua espera aqui neste blog.
Os meus 8 desejos são:
1º - Recuperar a minha saúde, que se encontra um pouco ameaçada.
2º - Que nunca falte na casa de ninguém,  Pão, saúde, paz e amor.
3º - Que os homens acordem para a urgência de salvar o nosso planeta, daquilo que pode ser amanhã a morte lenta e miserável, dos nossos netos bisnetos e gerações seguintes até extinção total. E que é a poluição, em toda a sua extensão.
4º - O final incondicional de todo o tipo de guerras, ao nível mundial.
5º - Que a solidariedade humana, esteja bem presente, nos meus 4 desejos anteriores. 
6º - Que todas as pessoas do meu meio, familiares e amigas, sejam para sempre muito felizes.
7º - Que todas as religiões se demarquem de uma vez por todas de todos os tipos de governação, que não seja a da sua igreja.
8º - Que eu não seja mais atormentado com os sinais dos tempos que se avizinham, e que os homens de boa vontade se mostrem disponíveis e colaboradores, para minorar o sofrimento no mundo. 
Podem parecer extravagantes, os meus sonhos, mas não são. Com estes sonhos realizados, eu seria muito feliz.
 Os desafiados a confessarem-se, são:
Alzira Macedo.              http://blogs.sapo.pt/userinfo.bml?user=alzira-macedo
Azoriana.                       http://blogs.sapo.pt/userinfo.bml?user=azoriana
Maria                              http://blogs.sapo.pt/userinfo.bml?user=blablaba
Chicailheu.                    http://blogs.sapo.pt/userinfo.bml?user=chicailheu
Emanuela.                    http://blogs.sapo.pt/userinfo.bml?user=emanuela
Estrelinha                     http://blogs.sapo.pt/userinfo.bml?user=lobasilveira
Umbreveolhar             http://blogs.sapo.pt/userinfo.bml?user=umolharatento
M. L. Adães                 http://blogs.sapo.pt/userinfo.bml?user=prosa-poetica

 


publicado por Fisga às 12:54
link do post | comentar | favorito
|
13 comentários:
De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 5 de Fevereiro de 2009 às 12:56
Olá Eduardo, obrigado plo desafio e como não sou de negar um desafio, obviamente que aceito, mas com tempo, a cabeçita nam anda mto boa, logo que me sinta capaz eu edito ok? beijito carinhoso amigo


De Fisga a 5 de Fevereiro de 2009 às 18:38
Olá Amiga Estyrtelinha . Fiquei triste, não por ires publicar mais tarde, mas sim, por andares mal, fico torcendo para que melhores depressa. Quanto ao publicares, não te preocupes que o ano ainda agora é uma criança. Beijinhos e as tuas melhoras. Eduardo.


De poetaporkedeusker a 5 de Fevereiro de 2009 às 18:09
Li os teus desejos e, se me dizes que não és lá "grande coisa" então deveríamos ser todos parecidos contigo!
Um grande abraço!


De Fisga a 5 de Fevereiro de 2009 às 21:08
Olá amiga Maria João. Com a idade que eu tenho, o que posso eu mais querer, senão um mundo melhor para os meus e por consequência, para todos? Eu já não tenho ambições. Tenho apenas um objectivo enquanto cá andar. Praticar o bem sempre que possível, alem de desejar levar uma vida sem grandes sofrimentos. Um grande abraço Eduardo.


De poetaporkedeusker a 5 de Fevereiro de 2009 às 21:46
Tu queixas-te sempre muito da idade, como se hoje em dia não fosse normalíssimo encontrar pesoas activas com idade para serem teus pais! A vida é eterna enquanto dura, amigo. Não penses em coisas tristes.
...e agora vens tu ralhar-me a mim porque, volta e meia, também falo do mesmo... mas no meu caso é o raio da maleita congénita que tenho... como tenho muita sorte em ainda estar viva, fico toda contente!
Abraço grande! :)


De Fisga a 6 de Fevereiro de 2009 às 12:23
Olá amiga Maria João. Tu tens toda a razão: eu acho que nunca te expliquei, e daí a tua observação. Quando eu me refiro à minha idade estou a referir-me à minha cabeça. Porque a minha cabeça está muito pior do que a cabeça de certas pessoas com 100 anos, a minha memória está uma miséria, eu ouço uma coisa agora e daqui por uma hora eu não sou capas de me recordar. Lembro-me de coisas que se passaram quando eu era menino, e não me lembro de coisas passadas ontem. Esse é o meu problema. Mas eu provavelmente nunca te disse que tive princípio de um A. B. C. que me afectou seriamente, a memória que fás o processamento das coisas, antes de as entregar à memória que as guarda. Esse é o meu grande problema. Não me preocupa a idade física, há muita gente mais nova do que eu que está pior do que eu, embora eu já tenha muitas mazelas. Desculpa o relatório mas teve que ser para te sossegar. Um Abraço Eduardo.


De poetaporkedeusker a 6 de Fevereiro de 2009 às 13:23
Entendo, amigo. Mas a tua memória também não está assim tão má como isso... olha, eu também me queixo do mesmo... esqueço-me de consultas, de reuniões, de datas marcadas, dos poemas (escrevo-os e não sei onde os deixei...), de escrever as cartas para as associações a que pertenço... de um milhão de coisas por dia! Mas vamos tentando sobreviver a isso da melhor maneira possível. E vamos tentando ser úteis. Isso é importante.
Abraço grande.


De Fisga a 7 de Fevereiro de 2009 às 09:37
Olá amiga Maria João. Tens toda a razão: Vamos esquecer as três tesas. E tentar viver a vida da melhor forma que nos for possível., mas não te esqueças da minha encomenda, e leva a caneta para os autografares que eu pago os cafezinhos. Um Grande abraço. Eduardo.



De poetaporkedeusker a 7 de Fevereiro de 2009 às 11:44
Está descansado que nunca me esqueço da caneta! Ando sempre com canetas e caderninhos colados a mim!
Abraço.


De Fisga a 8 de Fevereiro de 2009 às 11:08
Olá amiga João.umd Obrigada por vires. És pouco burocrata és! Estou a brincar contigo és uma amigona. Obrigado por seres assim. Um abraço Eduardo.


De poetaporkedeusker a 8 de Fevereiro de 2009 às 11:45
Abraço, meu amigo. :)


De Azoriana a 13 de Fevereiro de 2009 às 12:35
Obrigada por se lembrar de mim para os desafios mas, neste momento, estou um bocado "entupida" de tecnologias e afazeres que não me dão muitas alternativas. Estou a tentar ultrapassar as dificuldades mas vai levar algum tempo. O que publico no meu blog não é feito em directo e dá-me um bocado de trabalho para conseguir tal proeza.

Agradeço os seus comentários sempre muito bem-vindos e que me deixam feliz.

E cá lhe deixo umas quadras para sorrir:

A vida é um desafio,
Daquele que "racha a molha",
Mas 'inda nunca se viu
Ter milho sem ter desfolha.

Lembro agora do milho
Por causa de uma fisga
Que faz um bravo sarilho
À ave que ela "pisga".

E por falar neste objecto,
De tempos já bem antigos,
Foi para lhe dar o afecto
Que se dá a bons amigos.

Eduardo é sua graça,
E lhe desejo saúde,
Porque muito do que passa
É para lhe dar virtude.

No céu está o condutor
Da vida cá deste mundo,
E Ele é o Salvador
Que gosta de nós a fundo.

A virtude da alegria
Seja outra que lhe abeira
E que fique neste dia
A sorrir a tarde inteira.

Um sorriso cá na ilha
É sinónimo de bem,
E porque sou dela filha
A sorrir estou também.

Um abraço apertado,
E um bom fim-de-semana,
E que fique agradado
Com versos d'Azoriana.

Beijinhos
Rosa Maria


De Fisga a 13 de Fevereiro de 2009 às 18:00
Olá amiga Rosa. Antes do mais, obrigado por vir, é sempre um prazer receber a sua visita. Quanto aos versos: Minha amiga, que comentário mais bonito, nunca recebi outro igual, nem semelhante, é lindo Abençoado corpo que suporta uma cabeça tão bem inspirada, que deus a conserve assim por muitos e longos anos. Quanto ao problema que a impede de nos visitar com mais frequência, é pena eu não poder ajudar, pois teria muito prazer em o fazer. Se vir que eu posso ser útil não existe. Um grande abraço deste amigo que a admira muito como poeta. Sabe que as Ilhas têm grandes poetas, e a Sra. é uma delas. Obrigado por ser assim. Eduardo.


Comentar post

.quem sou eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 40 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.arca_animais-micros...

.arquivos

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

.Visitas

 

.arca_animais-micros...

SAPO Blogs

.subscrever feeds