Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

A GRANDE LIÇÃO

OS PEDINTES.
Uma mulher regava o jardim da sua casa e viu três idosos com os seus anos de experiência em frente ao seu jardim. Ela não os conhecia e disse-lhes: Penso que não vos conheço, mas devem ter fome. Por favor entrem na minha casa para que comam algo. Eles perguntaram:
O homem da casa está? -Não, respondeu ela, não está. -Então não podemos entrar, disseram eles. Ao entardecer, quando o marido chegou, ela contou-lhe o sucedido. -Então diz-lhes que já cheguei e convida-os a entrar. A mulher saiu e convidou os homens a entrar na sua casa.
-Não podemos entrar numa casa os três juntos, explicaram os velhos. -Porquê? Quis saber ela.
Um dos homens apontou para outro dos seus amigos e explicou: O nome dele é Riqueza.
Depois apontou para o outro. O nome dele é Êxito e eu chamo-me Amor. Agora vai para dentro e decide com o teu marido qual de nós três desejam convidar para a vossa casa. A mulher entrou em casa e contou ao seu marido o que eles lhe disseram. O homem ficou muito feliz: Que bom! Já que é assim então convidemos a Riqueza, que entre e encha a nossa casa.
A sua esposa não estava de acordo: Querido, porque não convidamos o Êxito?
A filha do casal estava a escutar da outra esquina da casa e veio a correr. Não seria melhor convidar o Amor? O nosso lar ficaria então cheio de amor. Escutemos o conselho da nossa filha, disse o esposo à sua mulher. Vai lá fora e convida o Amor para que seja nosso hóspede. A esposa saiu e perguntou-lhes: Qual de vocês é o Amor?
Por favor entre e seja o nosso convidado. O Amor levantou-se da sua cadeira e começou a avançar para a casa. Os outros 2 também se levantaram e seguiram-no. Surpreendida, a mulher perguntou à Riqueza e ao Êxito: Eu só convidei o Amor, porque vêm vocês também? Os homens responderam juntos: -Se tivesses convidado a Riqueza ou o Êxito os outros 2 permaneceriam cá fora, mas já que convidaste o Amor, aonde ele vá, nós vamos com ele. Onde houver amor, há também riqueza e êxito. O MEU DESEJO PARA VÓS. Onde haja dor, desejo-vos Paz e Felicidade. Onde haja falta de fé em vós mesmo, desejo-vos uma confiança renovada na capacidade para superá-la.
Onde haja medo, desejo-vos amor e sabedoria.

 


publicado por Fisga às 09:00
link do post | comentar | favorito
|
45 comentários:
De TiBéu ( Isa) a 17 de Fevereiro de 2009 às 13:47
beijos.gif


De Fisga a 18 de Fevereiro de 2009 às 10:53
Olá amiga Tibeu . Obrigado por vires a este teu espaço, e também pelo teu carinho. É de facto uma grande lição, para as pessoas que pensam que o dinheiro é o principal. Quando a experiência mostra que o dinheiro apenas ajuda em certos casos nem em todos. Um beijinho Eduardo. Um beijinho Eduardo.


De Fisga a 17 de Fevereiro de 2009 às 15:01
Olá amiga Tibeu. Obrigado por seres tão querida. Eu não mereço tanto. daqui te mando o meu beijinho de agradecimento. Eduardo.


De poetaporkedeusker a 18 de Fevereiro de 2009 às 01:07
Um abraço para ti, amigo. O Amor é sempre bem vindo! :)


De Fisga a 19 de Fevereiro de 2009 às 15:59
Olá amiga João. E sem ele nada fica perfeito, por mais voltas que leve. Um abraço Eduardo.


De poetaporkedeusker a 19 de Fevereiro de 2009 às 16:11
Tens razão... mas às vezes penso - ou sinto - que as pessoas vêm sempre o Amor na perspectiva em que ele é mais falado, como se fosse um exclusivo entre um casal e não esse Amor abrangente e dinâmico que pode mover montanhas... é muito complexa a minha noção de amor, embora eu sinta que é muito, muito simples...
Abraço grande.


De Fisga a 20 de Fevereiro de 2009 às 18:23
Olá amiga João. Eu vejo as coisas nesta perspectiva: Eu até falei muito sobre o amor e acabei por não dizer nada. porque o amor é uma palavra que não tem adjectivos. é amor e mais nada, quando se fala muito sobre uma coisa que não tem adjectivos, quase sempre se cai na esparrela de não se dizer nada, mas se eu averbiasse muito, parecia que eu queria era despachar, e eu não gosto de parecer o que não sou. Um abraço, e olha que logo já sabes. Eduardo.
Image

RecadosOnline - Para ver os recados deste Carnaval, clique aqui!



De poetaporkedeusker a 20 de Fevereiro de 2009 às 21:13
Sim, eu sei, amigo. Abraço grande.


De Fisga a 21 de Fevereiro de 2009 às 10:38
Obrigado amiga, por seres assim. Um abraço Eduardo.


De M.Luísa Adães a 18 de Fevereiro de 2009 às 15:49
eduardo

Que grande lição!

beijos,

Mª. Luísa


De Fisga a 20 de Fevereiro de 2009 às 17:35
Olá amiga Maria Luísa. Antes do mais, obrigado por vires a este teu cantinho. Não sei se terá assim tanto impacto, mas a verdade é que a grande maioria dos seres humanos, coloca o dinheiro ou os bens à frente de tudo, Eu felizmente, sou uma pessoa completamente despegado dos bens materiais, sou em demasia, não devia ser tanto mas eu não sou assim porque quero ou por vaidade, é porque me está nas veias, E isto não é impressão minha, eu já tive a prova, de que sou assim, e que sou em demasia. Um beijinho Eduardo.
Image

RecadosOnline - Deseje um Feliz Carnaval aos seus amigos… Clique aqui!



De M.Luísa Adães a 20 de Fevereiro de 2009 às 18:21
Eduardo

Eu também sou assim, mas temos de ter um certo cuidado... (pelo sim, pelo não); eu muitas vezes, ou quase todas, me esqueço desse cuidado e fico mal...
Mas vamos dar a todos quantos conhecemos, amor,
compreensão e perdão das ofensas.

Beijos,

Maria Luísa


De Fisga a 20 de Fevereiro de 2009 às 22:09
Amiga Luísa. Eu estou completamente de acordo, e mais eu recuso determinantemente, o termo quem com ferros mata com ferros tem que morrer, eu costumo dizer que as acções ficam para quem as pratica. Louvo a tua forma de ser, não porque eu partilho dela, mas porque me parece que é a correcta. Um beijinho e bom fim de semana. Eduardo.



De M.Luísa Adães a 21 de Fevereiro de 2009 às 10:20
Eduardo

Bom-dia;

Não precisamos de ser iguais, mas temos de nos entender e aceitar, um ao outro, com as nossas diferenças ... Sei que me aceitas e louvas a minha "maneira de ser" e eu também, aceito e louvo a "tua maneira de estar no mundo virtual"... Melhor do que a minha; eu sou mais controversa, menos
indulgente. Eu sei!

Bom fim de semana para ti e Família.
Quando passar a euforia de Carnaval ponho "um novo
poema".

Beijos,

Mª. Luísa

p.s. adoro a música!


De Fisga a 21 de Fevereiro de 2009 às 17:17

Olá amiga Luísa. Concordo plenamente contigo. Ninguém tem que ser igual a ninguém, cada um é igual a si próprio. E a nossa grande virtude está em aceitar-mos cada um como ele é e não como nós gostaríamos que ele fosse. Quando não se aceita a pessoa como ela é então não se é amigo dela. A pessoa de quem somos verdadeiramente amigos, não tem defeitos para nós. A verdadeira amizade é incondicional, ou então não é verdadeira. Este é o meu conceito da amizade. Um beijinho Eduardo.


De M.Luísa Adães a 21 de Fevereiro de 2009 às 18:18
Eduardo

A verdadeira amizade, cria raízes, como uma árvore
secular, para além do nosso poder de compeensão.

Bom conceito, o teu!

Beijos,

Maria Luísa


De Fisga a 22 de Fevereiro de 2009 às 10:53
Olá amiga. Luísa. Fico muito feliz porque temos muitas coisas em comum, ao nível da forma de ver, e de estar e de estar na vida. E sendo coisas muito simples, são ao mesmo tempo essas coisas que nos mantêm unidos pela amizade. Beijinhos Carnavalescos. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 22 de Fevereiro de 2009 às 11:00
Eduardo

Obrigada por responderes; concordo com o que dizes
e aviso:

dia 25 fevereiro às 7h manhã , sai com a Graça de Deus, o poema "IMAGINAÇÃO" de Maria Luísa Adães.

Beijos e bom carnaval; saúde!...

Mª. Luísa


De Fisga a 22 de Fevereiro de 2009 às 16:54
Olá amiga, Obrigado por vires e por tudo o mais. Tomei boa conta do que me dizes sobre o dia 25 E cá estou esperando pelo teu poema, que vai com certeza, ser lindo como sempre. Um beijinho Eduardo Gonçalves.


De M.Luísa Adães a 22 de Fevereiro de 2009 às 17:16
Eduardo

Fico feliz com o teu interesse no poema; não vou
desiludir! Não posso! Não quero!

Saudade,

Mª. Luísa


De Fisga a 22 de Fevereiro de 2009 às 18:17
Não te preocupes, que não há esse perigo, tu não me desiludes, porque eu sei que não há ninguém infalível, e não se pode condenar uma pessoa, lá porque ela falhou uma vez, ou então tiramos do livro dos provérbios, o que diz que errar é humano. Vive a tua vida com toda a tranquilidade. Beijinhos Eduardo.


De M.Luísa Adães a 21 de Fevereiro de 2009 às 18:50
Eduardo

A verdadeira amizade é incondicional; cresce e adquire raízes como uma árvore secular e nunca passa - tal como a árvore - só morre quando a cortam
e isso, é um crime!

Beijos,

Mª. Luísa


De Fisga a 22 de Fevereiro de 2009 às 12:09
Tens toda a razão minha amiga, é um crime: Da mesma forma deve ser um crime, quando as pessoas não são capazes de superar a tricas, dos desentendimentos, deixando o orgulho falar mais alto, não conseguindo assim, preservar a amizade. Um beijinho e bom Domingo. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 22 de Fevereiro de 2009 às 13:23
Eduardo

O orgulho é um sentimento nefasto; a nada conduz;
mas as pessoas não entendem! Falta-hes humildade,
para entender!

Saudades,

Mª. Luísa


De Fisga a 22 de Fevereiro de 2009 às 17:56
Amiga Luísa: Tu me dirás, se eu estiver errado, Mas eu penso que não é nefasto o facto de nós nos orgulhar-mos das nossas boas qualidades. será nefasto se nós Tivermos o orgulho no lugar onde devia estar a nossa humildade. Ser-se orgulhoso no bom sentido da palavra, creio que não é nenhum pecado, Mas quem sou eu para me pronunciar sobre uma matéria que não domino? Fica à consideração de quem de direito. Um beijinho Eduardo.


De M.Luísa Adães a 22 de Fevereiro de 2009 às 18:21
Eduardo

Nem tu dominas, nem eu domino o conceito de "pecado" ... Apenas os teólogos e muitas vezes dizem, mas não sentem - são humanos - aí torna-se difícil uma opinião válida.
Defenir o orgulho e a humildade e quando "sem pecar
podemos ou devemos usar o orgulho".
Há orgulho no bom sentido da palavra ? Penso que o
orgulho é sempre nefasto e negro.
Não me orgulho de nada! Sou como sou! Mas não quero ser orgulhosa, nem daquilo que mereço, pois
tudo quanto sou,é com o auxílio de Deus.

Então, como disse, não tenho orgulho de nada!

Mas esta, é a minha interpretação, não me oponho a
uma interpretação diferente, mas não mudo a minha!

Entendido, meu amigo ? Este é o meu conceito e não
interfere, com o conceito contrário ao meu...
Assim eu sou!...Defeni a minha forma de ver e sentir,
não contesto a dos outros, mesmo diferentes da minha.

Mª. Luísa


De Fisga a 22 de Fevereiro de 2009 às 18:50
Olá amiga Luísa. Postas as coisas pelo prisma que tu as pões. Estás certíssima. E nada há que censurar, por pensares como pensas. Dou a mão à palmatória, como quem diz estou de perfeito acordo contigo. Um beijo Eduardo.


De M.Luísa Adães a 23 de Fevereiro de 2009 às 11:39
Eduardo

Obrigada; isso mostra o teu espírito de compreensão!

Bºs, M. Luísa


De Fisga a 23 de Fevereiro de 2009 às 18:03
Olá amiga Luísa. Ser compreensivo contigo é a única coisa em que eu te posso ajudar, e não me custa rigorosamente nada, ser compreensivo e solidário contigo. Sermos solidários com os nossos amigos, é muitas vezes meio caminho andado para os ajudar a libertarem-se de problemas que os impedem de serem felizes e contribui para cimentar a amizade, que nunca é forte em demasia . Por isso sinto-me muito honrado por estar contigo, do teu lado. Um beijinho Eduardo.


De M.Luísa Adães a 24 de Fevereiro de 2009 às 11:23
Eduardo

Voltando ao tema do teu texto :

onde entra o Amor, entra a riqueza e o êxito!

Quanto ao enviares a "Ilha da Magia - Santa Catarina"
eu adorei recordar esses dias maravilhosos que passei naquele Paraíso; dou graças a Deus, por ser meia portuguesa e bastante brasileira ...
Casa, Família directa "Filho, nora e neta (esta última
nascida no coração de São Paulo) a minha nora é
Paulista, por nascimento. Lá trabalham e vivem e eu
também tenho a minha casa em condominio fechado,
cheio de jardins, 4 piscinas, campo de ténis e futebol;
uma espécie de lugar bendito, ao pé do "museu do Ipiranga.
Estamos em Portugal, pois o meu marido trabalha; os
meus filhos olham pela casa.

Ficas a conhecer, mais uma parte da minha vida, bem
dividida! Graças dou, todos os dias.

beijos para ti,

Maria Luísa


De Fisga a 25 de Fevereiro de 2009 às 10:38
Olá amiga Luísa. Obrigado por teres voltado bem haja, para ti. Sem dúvida alguma que onde há amor, há tudo o que se possa desejar de bom para a nossa felicidade. Pena é que muitas pessoas não saibam que assim é. quanto ao P. P. S. Eu calculei que já o conhecesses, já que ele tem origem no Brasil, creio eu, mas também não fás mal, apaga-o ou envia a outrem. Quanto ao mais que me contaste: Olha amiga. Agora só precisas de ter ,Paz, amor, harmonia e longa vida, para poderes gozar e desfrutar de tudo isso na companhia de quem tu mais amas, e acredita do coração que eu sabendo que assim é, fico muito feliz por ti, a felicidade dos meus amigos, é a minha felicidade. Um beijo Eduardo.


De M.Luísa Adães a 25 de Fevereiro de 2009 às 12:36
Eduardo

Fico com Santa Catarina nos m/ Favoritos de email;

Obrigada pela tua amizade preciosa: Deus te ajude!

Bºs, Mª. Luísa


De Fisga a 25 de Fevereiro de 2009 às 18:17
Olha amiga. Não tens que agradecer, porque a minha amizade é estritamente só para quem a merece, e as pessoas a quem eu dou a minha amizade, é porque elas a merecem, de outro modo eu não lha daria. Um beijinho para ti e tudo de bom, que tu mereces. Tu és uma Amiga com um A grande.


De M.Luísa Adães a 26 de Fevereiro de 2009 às 11:34
Eduardo

Obrigada quanto à Amizade e não posso, nem quero
desiludir!

Bºs, Mª. Luísa


De Fisga a 26 de Fevereiro de 2009 às 11:54
Olá amiga. Eu também Não posso e nem quero, porque a amizade para mim neste momento, é algo de sagrado, eu preciso dela como preciso de agasalho nos dias de intempérie. Por isso compreendo muito bem o que isso significa. Um beijinho Eduardo.


De M.Luísa Adães a 26 de Fevereiro de 2009 às 14:54
edu

Já respondi a outra coisa tua ,mas o computador deu como interdita a página, desapareceu tudo e foi pena!

Mª. Luísa


De Fisga a 26 de Fevereiro de 2009 às 18:36
Olá amiga. Me diz: O que desapareceu, é algo que eu te possa mandar? ou foi o que tu escreveste que desapareceu? Se for coisa em que eu possa ajudar é só dizeres. Um beijo Eduardo.


De M.Luísa Adães a 26 de Fevereiro de 2009 às 18:47
Edu

O que continua desaparecido é a oferta do troféu
Amigos, no final do meu poema; está o espaço em branco e à esquerda, no cimo. uma cruz (pequena) vermelha.
A imagem até é bastante bonita, mas não se fixa;
nada posso fazer, mas tira a graça a tudo.
Edu ainda não leste "Imaginação"? ... Sinto-me triste!

Bºs, M. Luísa


De Fisga a 26 de Fevereiro de 2009 às 19:50
Olá amiga Maria Luísa. Já vi o que se passa, confesso que ainda não tinha dado pela falta da imagem. Olha amiga Tu dizes-me que estás triste. E eu não estou menos triste do que tu. Sabes o que aconteceu? Eu não posso afirmar que tenha sido isso, mas não vejo outro jeito. Tu sabes que quando nós copiamos algo podemos também, em vez de copiarmos podemos cortar, E por infelicidade minha e tua foi o que eu fiz provavelmente fiz, em vez de copiar, cortei. Amiga Eu não posso fazer nada, a pesar de ser a mim que cabem as culpas. mas tu poderás apagar o que resta do prémio e ir ao blog da Tibeu ou vai antes ao meu e copia para o teu blog. Amiga eu como já te disse, embora seja o culpado não posso mesmo fazer nada, porque me está vedada como sabes a interacção no teu ou em qualquer outro blog. Olha amiga não sei mais o que te dizer para minorar o teu desgosto. Um beijinho e desculpa mais uma vez. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 26 de Fevereiro de 2009 às 20:07
Edu

Deve ser isso; cortaste, em vez de, copiar.
Só pode ser. vou ver se sou capaz de resolver.

obrigada,

Maria Luísa


De Fisga a 26 de Fevereiro de 2009 às 20:33
Amiga fás como eu te disse, vai ao meu blog, e alteras a parte onde fás referenciam ao nome e pões o nome da amiga Tibeu. Fás isso que eu fico muito feliz tu o fizeres, não me ofereci para o fazer por ti porque como sabes não me é possível. Um beijinho e muito boa noite para ti. Eduardo.


De Maria a 18 de Fevereiro de 2009 às 22:16
Olá Fisga

Já conhecia a história, mas é sempre bom rele-la, para não nos esquecermos que o Amor é a pedra fundamental de uma familia.

Beijinho


De Fisga a 20 de Fevereiro de 2009 às 17:40
Olá amiga Ana. O=brigado por vires, a este teu cantinho. É sem dúvida alguma, eu arriscaria dizer que se algo é feito sem amor. não pode seguramente ter grande beleza ou importãncia. São opiniões, e formas de ver e de estar. Um beijinho Eduardo. Não te esqueças.
Image

RecadosOnline - Deseje um Feliz Carnaval aos seus amigos… Clique aqui!



De Emanuela a 18 de Fevereiro de 2009 às 23:30
É muito bonita a mensagem amigo. E de fato, onde falta o amor falta tudo...
Beijitos


De Fisga a 20 de Fevereiro de 2009 às 17:46
OLÁ AMIGA. Obrigado por vires. Tens toda a razão amiga. Sem amor tudo é vazio.Mas deixa para lá a festa agora é outra. Um beijinho Eeduardo. e não esqueças, logo.
Image

RecadosOnline - Para ver os recados deste Carnaval, clique aqui!



Comentar post

.quem sou eu

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. O RELÒGIO

. RECORDAÇÕES

. É TÃO TRISTE

. AS MINHAS DUVIDAS

. UM NOVO ANO

. UM BOM NATAL

. PING PONG

. DIAS DE INCERTESA

. ALEGRIA TOTAL

. JANEIRO DE 2013

. PENSAMENTOS

. O FILHO PRÓDIGO

. SINAIS DOS TEMPOS

. UM AZAR NUNCA VEM SÓ

. O TIATRO DE REVISTA

.arca_animais-micros...

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

.Visitas

 

.arca_animais-micros...

blogs SAPO

.subscrever feeds