Terça-feira, 10 de Março de 2009

PENSAMENTOS

O meu pensamento sobre
O código de conduta para as boas relações humanas
-1º Cumprimentar as pessoas. Não há coisa mais agradável, que um cumprimento afectuoso.
-2º Sorrir. São necessários 72 músculos para franzir a testa, e somente 14 para sorrir.
- 3º Chamar as pessoas pelos seus nomes. A música mais agradável para o ouvido de qualquer pessoa, é o som do seu próprio nome.
-4º Sermos amigos e cooperadores. Se desejamos ter amigos, devemos tomar a iniciativa.
- 5 Devemos ser cordiais. Devemos demonstrar que cada coisa que fazemos pelos outros é feita com muito prazer.
-6º Devemos interessarmo-nos pelas outras pessoas. Nós podemos ser agradáveis com toda a gente, pondo o nosso egoísmo de parte.
- 7º Sermos sempre generosos e moderados. As nossas opiniões e críticas poderão ser valiosas nesse sentido.
- 8º Devemos ser ponderados. Seremos mais apreciados se tivermos em conta os sentimentos dos outros.
- 9º Devemos ser cuidadosos, nas nossas opiniões. Para cada discussão há 3 factores: A nossa opinião a opinião dos outros, e a opinião correcta.
- 10º Devemos estar sempre prontos para ajudar. O que mais apreciado, é na vida, é o que fazemos pelos outros.
- 11º Devemos ser sempre verdadeiros. Para que ou outros não percam a confiança Que nós queremos merecer.
-12º Devemos controlarmo-nos sempre. Perante as situações delicadas devemos pensar sempre 10 vezes, no que vamos fazer.

 


publicado por Fisga às 09:00
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De maripossa a 10 de Março de 2009 às 23:47
AMIGO EDUARDO! DEPOIS DE AQUI VIR VEJO UM PENSAMENTO DE BOA CONDUTA E BOA EDUCAÇÃO,ASSIM DEVIA SER SEMPRE PARA MUITA GENTE,NADA COMO SER DELICADO E GENTIL,GOSTEI DE LER.
BEIJINHO E VOU ESTUDAR MAIS UM POUQUINHO LISA


De Fisga a 11 de Março de 2009 às 10:49
Olá amiga Lisa. Fiquei muito feliz por saber que gostou. Mas quero dizer-lhe com toda a franqueza, que o facto de eu pensar assim, não significa que seja essa a minha conduta sempre, mas acredite que tenho pena de não ser capaz de ser sempre assim. Mas também é lógico que nós não somos de pau. Quanto ás suas respostas não se preocupe que por mim está dispensada de responder e é para mim um prazer saber que está a estudar em vez de estar a comentar, creia que não fico minimamente aborrecido por nem sequer saber se gostou ou não, basta-me saber que está a trabalhar e não doente, para eu ficar satisfeito. Um beijinho Eduardo.


De *FreeStyle* a 11 de Março de 2009 às 07:52
Completamente de acordo ctg Eduardo, que as tuas palavras sirvam de escola de vida para os mais novos.

Eu diria até que em vez de "O código de conduta para as boas relações humanas" estes deviam ser "Mandamentos".



Abraço


De Fisga a 11 de Março de 2009 às 11:36
Olá amigo Fre. Primeiro obrigado por vires. Se queres que te seja franco, isto começou pela visita de um amigo, Que me apanhou sentado ao computador, e disse-me: Estás na escrita? Ao que eu respondi: Estava a ver se conseguia escrever algo Relacionado com os bons costumes, mas não me vem nada à ideia. E ele disse-me. Nunca leste um livro, que dá pelo nome de código de conduta, eu não sei qual é o autor, mas experimenta no Google, põe código de conduta e logo se vê o que sai. Eu tentei mas não encontrei nada que fizesse o meu jeito. O meu amigo então disse-me olha eu já não me lembro da maior parte das coisas, mas eu vou tentar por aí algo de pé e tu depois corriges se quiseres. Assim começamos e com uma ideia daqui, outra dali, saiu este texto, eu depois pronto pus: Ideia do amigo. E ele pega no rato e disse dás-me licença? E apagou a parte que fazia referencia a ele, e clicou em publicar e publicou. Eu respondi. Eu vou buscar o texto e vou emendar, Ele nem penses se isso aparecer alterado eu faço um comentário a desmentir-te. E foi assim que nasceu. Mas quero dizer-te que eu não cumpro isso a 100%.Bem que eu gostava, mas como todos os homens e mulheres, não sou de pau. Um grande abraço e obrigado por vires. Eduardo.


De Maria a 11 de Março de 2009 às 10:32
Olá Fisga

Se esses códigos fossem cumpridos por alguns dos habitantes deste planeta, certamente teria~mos um mundo muito melhor.

Gostei muito
Beijinho


De Fisga a 11 de Março de 2009 às 10:56
Olá amiga Maria. Obrigada por vir e fiquei muito contente por saber que gostou, quanto ao cumprimento, Bom até eu gostava de poder dizer que cumpro em rigor mas não posso, porque não é verdade, mas tenho pena que não seja verdade, mas é assim: Eu como qualquer ser humano, não sou de pau, uma corrente é composta por vários elos, e quando um elo parte a corrente fica sem efeito, até ser reparada, Eu gosto muito de ser simpático, mas só o consigo ser enquanto não me tratam mal. Eu penso que somos um pouca assim todos. Um beijinho Eduardo.


De M.Luísa Adães a 11 de Março de 2009 às 18:49
Eduardo

O meu comentário fugiu; vou escrever uma vez segunda.

Gostei do teu trabalho sobre "o código de conduta nas relações humanas". Bem apresentado.

Beijos da,

Maria Luísa


De Fisga a 12 de Março de 2009 às 10:57
OLÁ AMIGA Maria Luísa. Obrigado por teres vindo e também prelo elogio. Aquilo surgiu de uma situação em que eu estava muito stressado, e precisava de escrever, mas não me vinha nada à memória, e naquele instante chega um amigo e ao ver-me ao computador, disse: Lá estás tu a matar a cabeça! E eu ripostei: Olha já não dá para matar muito mais. Estou a tentar escrever algo, mas não vem nada. E ele respondeu-me: Eu já li um livro que tu devias ler para saberes o que é isso que tu tens, tu estás em stress, e esse livro ia-te ajudar, e começou-me a falar de formas de conduta humanas, que nos ocupam e nos impedem de sermos atacados pele stresse. E eu disse-lhe: Começa a despejar. Ele foi-me dando um tópico daqui, outro tópico dali e eu consegui fazer aquele arranjo mais ou menos como eu fui capas. Mas quero que saibas que eu não cumpro isso à risca, porque eu como qualquer ser humano, não sou de pau. Um beijinho deste teu amigo do peito Eduardo.


De M.Luísa Adães a 12 de Março de 2009 às 12:07
Eduardo

acabei de te deixar um outro comentário, onde mostrei que sentia saudades tuas; escrevi o poema "Fonte", ontem, pois estive fora uns dias e
atrazei tudo, até o poema.
Mas lá está esperando por todos e neste caso, por ti!

Com saudades,

Mª. Luísa

p.s. obrigada por responderes.


De Fisga a 12 de Março de 2009 às 17:32
Olá amiga Maria Luísa. Como me sensibilizas demonstrando saudades minhas. Olha amiga, eu por norma quando as pessoas deixam de aparecer. De duas uma, ou eu sinto pouco ou nada por elas, ou então sinto logo saudades, e posso dizer-te que nestes dias que como bem dizes não tens vindo já senti muitas saudades tuas, porque tu embora virtualmente já passaste a ser um familiar muito querido ainda que virtual. Quanto ao comentário, Eu ainda lá vou passar hoje. Também eu tenho andado atrapalhado, porque estou farto de tentar meter o meu I. R. S. e não conseguia, está tudo entupido com muito tráfego. Mas agora já consegui, foi mesmo agora que ele entrou para a fila de espera para ser aceito ou rejeitado. Olha amiga enviei-te ontem o livro da amiga João. Espero que não se extravie. A João também ela é uma pessoa adorável. Fui encontrar-me com ela em Oeiras que é a ária de residência dela, estive-mos um bocado juntos bebemos um café e conversamos um pouco adorei estar com ela. É um doce de senhora. Olha amiga Muito grato por teres aparecido, vou deixar-te com um beijinho Eduardo.


De M.Luísa Adães a 13 de Março de 2009 às 09:53
Eduardo

tu para mim és da familia; por isso achei estranha a ausência.
Há pouco te escrevi sobre o livro; lê e responde.

Bºs, M. Luísa


De Fisga a 13 de Março de 2009 às 16:36
Obrigado por me considerares assim, embora eu tente fazer por merecer, Olha amiga eu estou um pouco atrasado, nas respostas, se alguma tardar mais não te preocupes, que eu na medida que me for possível vou respondendo. Um beijinho Eduardo.


De D. a 11 de Março de 2009 às 22:22
Obrigada pela força :)
e desculpa a demora a responder

Beijinho


De Fisga a 12 de Março de 2009 às 11:01
Olá amiga. Não me peças desculpa, que eu aprendi bem cedo. Que trabalho é trabalho. E conhak é conhak. Por isso obrigado por vires, mas não precisas de justificações. És uma estudante e ponto final. Um beijinho deste teu amigo Eduardo.



Comentar post

.quem sou eu

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. O RELÒGIO

. RECORDAÇÕES

. É TÃO TRISTE

. AS MINHAS DUVIDAS

. UM NOVO ANO

. UM BOM NATAL

. PING PONG

. DIAS DE INCERTESA

. ALEGRIA TOTAL

. JANEIRO DE 2013

. PENSAMENTOS

. O FILHO PRÓDIGO

. SINAIS DOS TEMPOS

. UM AZAR NUNCA VEM SÓ

. O TIATRO DE REVISTA

.arca_animais-micros...

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

.Visitas

 

.arca_animais-micros...

blogs SAPO

.subscrever feeds