Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

A ESCADA DA VIDA

object width="425" height="344">

A VIDA
É uma escada em caracol
e que não tem corrimão.
Vai a caminho do Sol
mas nunca passa do chão.
Os degraus, quanto mais altos,
mais estragados estão.
Nem sustos nem sobressaltos
servem sequer de lição.
Quem tem medo não a sobe.
Quem tem sonhos também não.
Há quem chegue a deitar fora
O lastro do coração.
Sobe-se numa corrida.
Corre-se perigos em vão.
Adivinhaste: é a vida
a escada sem corrimão.
David Mourão Ferreira
Extraído da net.

 


publicado por Fisga às 09:00
link do post | favorito
|
De M.Luísa Adães a 15 de Abril de 2009 às 09:47
A vida é tal como o poeta a descreve. nem mais isto
ou aquilo - apenas isso!

Obrigada por transcreveres o poema.

Beijos,

Maria Luísa


De Fisga a 15 de Abril de 2009 às 15:58
Olá amiga. Maria Luísa. Não me agradeças, é com um prazer imenso que eu comento os teus poemas. Este poema à semelhança dos outros está muito bonito, promete acredita. Beijinhos Eduardo.


De M.Luísa Adães a 15 de Abril de 2009 às 17:01
Eduardo

Sinto o teu sentir, cheio de bondade e amor ao próximo.

Bºs, Mª. Luísa


De Fisga a 16 de Abril de 2009 às 17:26
Olá amiga Luísa. Obrigado por me compreenderes, é tal como dizes, amor ao próximo. Beijinho Para ti e melhoras. Eduardo.


De M.Luísa Adães a 16 de Abril de 2009 às 20:52
Eduardo

Para se ter amor ao próximo não é necessário
acreditar em Deus, mas tu sabes "Eu creio em Deus
Pai todo poderoso, criador de vCéu e da Terra".
Eu sou como sou, tu és como és!
E somos amigos!

Beijos,

Maria Luísa


Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.


.quem sou eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 40 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.arca_animais-micros...

.arquivos

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

.Visitas

 

.arca_animais-micros...

SAPO Blogs

.subscrever feeds