Sábado, 7 de Fevereiro de 2009

O PEDIDO

 

 

O PEDIDO
Em homenagem ao grande Filólogo e filosofo Dr. E professor Agostinho da Silva. Que dedicou toda a sua vida aos mais desprotegidos, e que sempre defendeu o apoio voluntarioso aos que dele mais necessitam. Transcrevo, com todo o prazer o texto que se segue a pedido de uma grande amiga de nome Maria Luísa. Com o titulo comentário  
 
http://blogs.sapo.pt/userinfo.bml?user=prosa-poetica
 
E que como se pode constatar está assinado como Maria Luísa de Oliveira Maldonado Adães.              
Comentário
 Olá Fisga,

M.Luísa Adães, deixou um comentário ao comentário
AMOR!... às 02:10, 2009-02-06.

Caso pretenda responder a este comentário, poderá fazê-lo, usando este
link.

Comentário:
Eduardo E se eu tenho tudo, quanto desejo? Se aceito tudo, quanto se me depara? Se entendo os outros, melhor do que a mim própria? Se sofro pelos que sofrem? Se tento auxiliar, quem precisa de auxílio? se escrevo para mim e para todos que me entendem? Se sou leal aos amigos e tolero os inimigos? Não peço nada e do Nada vivo o Tudo? E aí tens os meus oito defeitos; os meus desejos postos em prática! Aceita-me como sou, desta forma, Deste modo E perdoa-me! Transcreve para o teu blogs o que acabo de escrever, se achares que é digna a minha resposta. Ou não o faças, se não for esse o teu desejo! E agradeço a graça tua e de Alzira-Macedo, no convite que me fazem. Lindo o que pedem! Acabei de responder... ao meu jeito, do meu modo! Com ternura para ti, Eduardo e para Alzira- Macedo. Maria Luísa de Oliveira Maldonado Adães

 


publicado por Fisga às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (34) | favorito
|
Sábado, 31 de Janeiro de 2009

AMOR ANTIGO.

http://www.youtube.com/watch?v=xinRHWZrdYg

Eu aprendi...
...que ignorar os fatos não os altera;

Eu aprendi...
...que quando você planeja se nivelar com alguém, apenas esta permitindo que essa pessoa continue a magoar você;

Eu aprendi...
...que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;

Eu aprendi...
...que ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa;

Eu aprendi...
...que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;

Eu aprendi...
...que as oportunidades nunca são perdidas; alguém vai aproveitar as que você perdeu.

Eu aprendi...
...que quando o ancoradouro se torna amargo a felicidade vai aportar em outro lugar;

Eu aprendi...
...que não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito;

Eu aprendi...
...que todos querem viver no topo da montanha, mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você esta escalando-a;

Eu aprendi...
...que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.
(Boa noite , Amor )

William Shakespeare

 


publicado por Fisga às 18:29
link do post | comentar | ver comentários (58) | favorito
|

.quem sou eu

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. O PEDIDO

. AMOR ANTIGO.

.arca_animais-micros...

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

.Visitas

 

.arca_animais-micros...

blogs SAPO

.subscrever feeds