Sábado, 4 de Outubro de 2008

CURIOSIDADES II

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

              MÃE
Tu que foste pura o bastante;
para negar o errado,
Tu que foste inteligente o bastante;
para perguntar o teu caminho,
Tu que foste clara o bastante;
para destacares-te na escuridão,
Tu que foste forte o bastante;
para aceitar a derrota,
Tu que foste sábia o bastante;
para distinguir o certo,
Tu que foste grande o bastante;
para gerar uma vida,
Tu que foste tu o bastante;
para distinguir quem era.
Para todas mulheres mas em especial,
as mães que deram alegria e

Felicidade aos seus filhos e familiares.
De Isabella

TIRADO DA NET.

 

música: http://www.youtube.com/watch?v=gAMA-_yIc7M

publicado por Fisga às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

PARTIDAS DO DESTINO XII

 

 

                                                      ACONTECEU

A criança entra em casa dirige-se à cozinha onde estava a mãe, e muito esbaforida, grita. Mãe tenho fome, quero comer. A mãe sem dizer uma palavra, muito rapidamente pega numa faca e zás. Abre uma carcaça ao meio põe manteiga e diz: Toma filha, come que a mãe depois dá mais. Mãe é assim mesmo, é mãe e isso basta. Mas mãe também é esposa.

-A esposa entra em casa, e encontra o esposo, na cama, com outra, 25  anos, bonita, com tudo no sítio, bronzeada, cheia de amor para dar...

-Arma o maior escândalo, mas o marido interrompe-a e diz:

-Antes deverias ouvir como tudo isto aconteceu...Então conta

-Encontrei esta jovem na rua, maltrapilha, cansada e esfomeada, e então, com pena do estado em que ela se encontrava, trouxe-a para casa,

-Servi-lhe o jantar que tu não comeste ontem, e que eu depois, guardei no frigorífico, lembras-te?
-Ela estava descalça, então dei-lhe aquele par de sapatos que, como foi
a minha mãe que te ofereceu, tu nunca o usaste.

-Ela estava com sede, e eu servi-lhe aquele vinho que estava guardado...para aquele sábado que tu me prometeste, mas que nunca chegou... porque, ou te dói a cabeça, ou estás cansada mal disposta, ou tens muito que fazer.
-As calças dela estavam rasgadas, dei-lhe aquele par de jeans quase
novo...que ainda estava em perfeito estado, mas mas como fui eu que te ofereci, tu só usavas por favor.
-Como ela estava suja, aconselhei-a a tomar um banho...No final,
dei-lhe aquele perfume francês que eu te ofereci mas que  tu nunca usaste porque não era a tua marca favorita.

-Então quando já  estava saciada perguntou:
-Senhor, não tem mais nada que a sua esposa não use?
-Perante isto, eu Nem lhe respondi!!!!!!! Zás, Dei  logo!!!

Moral da história: O homem só trai se tiver mesmo motivos para tal, aqui

o motivo  foi porque quis dar a outra pessoa, tudo o que a esposa não usava.

 


publicado por Fisga às 09:00
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|

.quem sou eu

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. CURIOSIDADES II

. PARTIDAS DO DESTINO XII

.arca_animais-micros...

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

.Visitas

 

.arca_animais-micros...

blogs SAPO

.subscrever feeds