Domingo, 6 de Janeiro de 2008

ERA UMA VEZ II

ERA UMA VEZ II

A família Ferreira ficou muito aflita, como é que iam explicar à Família Morais que o cachorrinho tinha morto o coelhinho. Pegaram no coelhinho foi dar a triste noticia à Família Morais: Mas surpresa das surpresas os Morais não estavam em casa. Então pensaram… Os vizinhos foram sair e esqueceram-se de guardar o coelhinho em casa. E então pensaram e fizeram, lavaram e pentearam o bichinho que estava ensanguentado e com terra no pêlo e foram por o coelhinho à porta do vizinho em posição de quem está esperando o dono. Assim os donos pensariam que o bichinho morreu de morte natural. Quando os Morais chegaram e viram o coelhinho à porta de casa ficaram muito assustados porque o coelhinho tinha morrido na noite anterior e os donos tinham-no enterrado no quintal, antes de saírem. Moral da história: O cachorro procurou e encontrou o amiguinho, mas ao precentir que este estava morto foi ter com o dono a chorar como quem implora, ao dono dá a vida ao meu amiguinho que eu quero brincar com ele.


publicado por Fisga às 16:07
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007

A PARTIDA

Quando cheguei junto da paragem do autocarro na Av. Da Liberdade para ir para o barco no terreiro do Passo estava apenas um Sr. Na paragem. Por educação, eu disse, bom dia o sujeito em questão respondeu, bom dia, já agora sabe-me dizer se os autocarros para Belém param aqui? Eu cheio de boa fé respondí, bem eu vou para o terreiro do passo, eu sei que lá há autocarro para Belém aqui muito sinceramente não sei. Um Sr. Que entretanto já tinha chegado a trás de mim e respondeu: Aqui também passa é o 16 e diz Belém. O Sr. Que fez a pergunta agradeceu, e de novo o silêncio. Passados uns bons 10 minutos, e com uma fila de 20 ou mais pessoas quando já tinham passado vários autocarros que não paravam, pensando nós que, porque iam cheios, começou a haver um certo desconforto entre as várias pessoas que esperavam por transporte e começou um morrmúrio Surdo entre as pessoas que mal destapavam a cara, tal era o frio que se fazia sentir em pleno mês de Março, eu só pensava, bem quando o autocarro vier eu sou o segundo tenho muitas possibilidades de ter lugar. Eis senão quando o sujeito que se encontrava à minha frente, e em primeiro lugar muito sorrateiro e discreto, pega na paragem que ele próprio ali tinha posto, põem-na ás costas e começa a andar pela Avenida a baixo: Era segunda-feira de Carnaval e ninguém se lembrou.


publicado por Fisga às 18:16
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Novembro de 2007

GEOGRAFIA

GEOGRAFIA V

O Zodíaco e as Estações

O Zodíaco é uma faixa denominada de A, B, C e D, De 17º de largura, atravessada ao meio pela eclíptica. E fica sobre o Equador celeste. A eclíptica é a linha que o sol parece descrever no seu movimento anual aparente, e encerra todas as posições que o sol toma ao meio-dia durante um ano. Os antigos chamavam a esta faixa ou banda Zodíaco (de zoon, animal), porque a maior parte das constelações que o Zodíaco encerra são designadas pelo nome de animais. O Sol encontra-se a 20 de Março no ponto (G) de Gama ou no ponto equinocial de Março ou ainda no equinócio da Primavera. (O dia é igual à noite). O Sol entra no signo de Áries, Touro, Gémeos e chega em (D) ao ponto Solsticial ou solstício de Verão, parecendo que para no seu movimento ascendente, daí o nome de solstício (do latim sol stat) (do Português sol parado) por essa razão o dia 20 de Junho é o dia maior do ano tendo 16horas e o7 minutos a noite é a mais curta tem 07horas e 53 minutos Continuação de o movimento do Sol. O sol continua o seu percurso, entra em Leão atravessa Virgem e chega à Balança a 21 de Setembro, a noite de 20 para 21 de Setembro é igual ao dia, daí o equinócio de ou do Outono, o Sol continua a descer entra em Escorpião, passa por Sagitário e chega a (A) ao ponto solstícial no dia 21 de Dezembro chamado de solstício de Inverno, em que o Sol parece que para de novo, este dia é o mais pequeno do ano tem 08 horas e 10 minutos enquanto a noite tem 15 horas e 50 minutos. O Sol começa de novo a subir e entra em Capricórnio, passa por Aquário e chega a Peixes, onde atinge de novo o ponto (gama), que dá origem a um novo ciclo ou seja a entrada em Áries. (Nota) Todos estes movimentos a que é feita referência ao Sol, são fictícios os movimentos na realidade são da terra 


publicado por Fisga às 12:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 20 de Novembro de 2007

GEOGRAFIA

GEOGRAFIA – I

METODOS GEOGRAFICOS

As ferramentas Principais com as quais se trabalha em geografia são:

Documentos ou Livros, Cartas Geográficas, Cartas Topográficas, Mapas Corográficos, Cartas Hidrográficas e Cartas Astronómicas entre outras. Vou dar inicio aos meus exercícios falando de:

Como determinar um lugar na terra? A determinação de um lugar pode ser, (APROXIMADA OU RIGOROSA:) Aproximada quando se usa o método da orientação, que consiste em ter como ponto de referência o Horizonte, também conhecido por Oriente, Leste, Levante, Este ou simplesmente Nascente, ponto onde nasce o Sol, E que nos fica no lado esquerdo quando estamos virados para o Sul. E se não houver Sol? Quem não se lembra da forma pela qual se determina o lado do nascente? Olhando para as cascas das árvores que normalmente se encontram mais escuras na direcção compreendida entre o Nascente e o Sul? A fiabilidade desta determinação funciona no sentido inverso ao da facilidade, ou seja, é muito fácil e pouco eficaz:

A determinação rigorosa, é mais trabalhosa mas a sua percentagem de erro é entre alguns centímetros e alguns metros poucos. Não vou falar do que não conheço Por isso irei falar da geografia elementar, a geografia que eu estudei.


publicado por Fisga às 17:14
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

INFORMAÇÃO

INFORMAÇÃO

 

Enquanto me fui documentando sobre o que acabei de escrever (Historia,) encontrei lagunas poucas, pontas soltas sobre uma matéria que me é muito grata. Estou a falar de geografia. Ou não fosse por ela que  dei inicio ao meu trabalho. Quando me decidi fazer uma reciclagem do pouco que aprendi, faz já uns anitos. Peço desculpa a quem eventualmente me possa ler, mas como eu disse no princípio, o meu objectivo principal é avivar a minha própria memória, independente disso se alguém me ler e isso lhe der algum prazer ficarei feliz por essas pessoas.Também quero dizer que não irei abordar a geografia profunda, mas sim a geografia elementar, ou seja a geografia que eu estudei no meu curso industrial, já  que para a geografia mais desenvolvida  temos a wkipédia hoje assecivel á maioria dos portugueses interessados.

    

 


publicado por Fisga às 18:40
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

HISTÓRIA

HISTÓRIA TOMO XI

993- O Califado de Córdova em luta com o emir de Saragoça desmembra-se em vários Califados, enfraquecendo e permitindo que os reinos se alarguem ainda mais, mercê das conquistas de Afonso III, o Grande, Fernando Magno, toma o reino de Leão aos Mouros e reúne-o ao seu (reino de Castela.)

1212- Dá-se a união dos estados muçulmanos da Espanha, conseguida por um chefe Árabe, Dá-se também a ameaça de invasão dos reinos cristãos pelos Árabes que haviam recebido poderosos reforços do norte de África, para esse efeito.

1492- Após um período áureo sob o poder de Almançor, primeiro-ministro do Califa o Império Árabe da Península devorado por lutas internas violentas, que desagregavam o Califado por causa dos reis dissidentes aceleravam a decadência

Assim o império Árabe é extinto, pelos reis católicos Fernando de Aragão e Isabel de Castela que tomam granada após um cerco de 10 anos e, vencido o último Califa mouro (Moabil) expulsam os Mouros da Espanha, que unificam, começando aí assim a história da Espanha.


publicado por Fisga às 13:35
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

HISTÓRIA

HISTÓRIA TOMO X.

732DC -  Carlos Martel derrota os Árabes na batalha de Poitiers, nos Pirinéus, impedindo o avanço aqueles pela Europa dentro.
718-1492 - Dá-se a reconquista cristã, formando-se a partir daí os primeiros Reinos cristãos da Península, do condado Portucalense e da Espanha.
718 Pelágio derrota os Árabes na batalha de Cobadonga ou cangas de Ónis.Pelágio é aclamado rei fundando assim o primeiro reino Cristão da Península: O reino das Astúrias, chamado mais tarde reino de Oviedo nome da Capital, 100 anos mais tarde veio a chamar-se Reino de Leão. Mais tarde ainda seria chamado Reino de Navarra, nos anos de 890.

991 - Sancho III  Rei de Navarra,  morre,  deixando  três filhos, que dividem entre si os territórios dos Reinos do pai: (Navarra ficou para Garcia) (Castela para Fernando e Aragão para Ramiro.

PS.(respondendo a uma amiga que eu preso,admiro e leio). O reino de Navarra, era um núcleo politico que surgiu em meados do século VIII nos pirineus ocidentais da Espanha.).


publicado por Fisga às 13:31
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

.quem sou eu

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. ERA UMA VEZ II

. A PARTIDA

. GEOGRAFIA

. GEOGRAFIA

. INFORMAÇÃO

. HISTÓRIA

. HISTÓRIA

.arca_animais-micros...

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

.Visitas

 

.arca_animais-micros...

blogs SAPO

.subscrever feeds