Terça-feira, 4 de Março de 2008

Uma má experiência

LI E FEZ-ME MAL.

A situação actual em que vivo, a falta de meio, e a falta do meu PC. Levaram-me a procurar algo que já não vem sendo muito comum no meu dia a dia. Fui a um centro comercial, entrei na livraria, e comprei um livro. Acho que nunca li nenhum livro em que a minha cabeça estivesse tão agitada, tão alvoraçada, tão confusa e tão baralhada, e nem que o meu interior estivesse tão preto e tão triste. Este livro fez-me muito mal, porque me despertou a minha atenção para um tema que nunca me tinha passado pela cabeça. Agarrou-me e interessou-me muito pelo tema que aborda mas denegriu-me todo por dentro. Porque tive a noção exacta de que um dia posso muito bem ver-me confrontado com uma situação dessas. Se esse acontecer não pode estar muito longe. Nunca me considerei um medricas, e nem a morte nunca me assustou, mas se um dia me vir confrontado com a solidão aí sim acho que morro de susto, Sim é de solidão que o livro fala, da solidão na velhice, daquela solidão muito bem temperada com outra coisa, também ela horrorosa e que dá pelo nome de abandono como se faz normalmente com qualquer traste velho, usado e inútil que se põe junto do contentor para que alguém lhe dê o destino que se dá ás coisas que já não prestam, para nada e que só estorvam em casa. Fiz com este livro o que nunca pensei que faria com um livro mesmo que ele fosse muito mau. Acabei de o ler e sob um descontrole total fui pô-lo no contentor do lixo passadas algumas horas já mais calmo caí em mim e arrependi-me profundamente de o fazer mas já era muito tarde o livro já lá não estava. Como que para pagar o meu erro fui à livraria, comprei outro livro e pu-lo na prateleira junto dos outros livros, com a promessa de´não mais o voltar a ler.


publicado por Fisga às 10:01
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De linhaseletras a 4 de Março de 2008 às 14:10
Boa tarde! Acabei de ler o seu texto. e achei ,mesmo não o conhecendo que está com o moral muito em baixo.
Mas não pense em solidão. pense sim que tem amigos, e que escrevendo nunca está só ,e o PC também é uma companhia, eu começo a ficar viciada no bom sentido ,claro, já não dispenso a companhia que este quadrado me oferece.
Continue escrevendo, e esqueça coisas que ainda estão longe, e não devemos sofrer por antecipação.


De Fisga a 4 de Março de 2008 às 17:18
Olá minha amiga. Obrigado pelo seu comentário, e obrigado pela força, mas há alturas em que a emoção toma conta de nós e leva-nos a fazer disparates. Eu também não conheço a Sra. mas creia que tem em mim um grande admirador e leitor acido-o do seu belo trabalho no blog. Mas há um tempo a esta parte não tenho PC. porque não estou em minha casa. mas logo que regresse a Sra. vai dar conta, porque eu vou voltar a ler o seu blog. Vou terminar com os meus mais respeitosos cumprimentos, até breve.


De V.A.D. a 4 de Março de 2008 às 14:16
A solidão indesejada e inevitável deve ser a pior das sensações. Espero que nunca a venha a sentir, porque sei que tem amigos que nunca o abandonarão...!

Desejo-lhe um excelente dia!

Um abraço.


De Fisga a 4 de Março de 2008 às 17:32
Obrigado amigo pela força, mas creia que nem quando por duas vezes estive a passar para o outro lado do muro, me aconteceu isto, ao ler este livro digo-lhe sem vaidade e sem vergonha que senti os tintins junto dos sapatos, é uma discrição pura e simplesmente horrível , a de pensar que ninguém pode dizer, isso a mim não me acontece, e ao ler-mos o que certas pessoas fazem por causa da solidão é assustador. Um abraço e boa continuação.


De Emanuela a 5 de Março de 2008 às 01:15
Amiguinho Fisga,
primeiro quero dar-te um abraço e te dizer que aqui distante, ao menos no carinho de uma oração, tens uma amiguinha que não te acha inútil.Sabes que gosto imenso de ti...Entendo estas coisas que sentiste, porque também eu já me deparei com livros que ao invés de me fazer bem, deixaram-me angustiada. Coloco-os de lado, é claro. Não te repreendas pela tua atitude. Há momentos difíceis na nossa vida. Quanto á velhice, sei que ela pode nos machucar. É preciso que nos preparemos para ela de todas as maneiras possíves: física e psicologicamente, porque as mudanças que vamos experimentando mexem mesmo com nosso emocional. Vix. Chega de falar ,né? Hoje estou tagarela demais...
Deixo-te com um beijinho carinhoso e o desejo de que consigas ficar bem. ( pede uma ajudinha pra Mãe. Ela é poderosa!)


De Fisga a 5 de Março de 2008 às 11:39
Olá minha amiga: Antes do mais o meu muito obrigado pela compreensão que tens para comigo, e por tudo o mais de que me falas, eu serte-ei grato por toda a minha vida por tu existires e por eu te conhecer. Já me aconteceu isto por outra vês com um livro mas de outro género, chamava-se (Missão Averviada). Mas esse não o deitei fora, apenas o pus de parte. Mas é assim minha amiga todos nós temos momentos e atitudes menos agradáveis, é pena que assim seja, mas é. Talvez seja um dos sinais evidentes de que somos humanos. Olha minha amiga, o livro de que eu falo chama-se (A vida e a solidão na geriatria) Não o queiras ler mesmo que tenhas essa possibilidade, é muito pesado e muito emotivo, chama-nos a atenção para coisas que nunca me tinham passado pela cabeça que possam acontecer. Um abraço muito forte e um beijinho. Para a minha grande referencia e amiga.


Comentar post

.quem sou eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 42 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.arquivos

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds