Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

A GRANDE LIÇÃO

OS PEDINTES.
Uma mulher regava o jardim da sua casa e viu três idosos com os seus anos de experiência em frente ao seu jardim. Ela não os conhecia e disse-lhes: Penso que não vos conheço, mas devem ter fome. Por favor entrem na minha casa para que comam algo. Eles perguntaram:
O homem da casa está? -Não, respondeu ela, não está. -Então não podemos entrar, disseram eles. Ao entardecer, quando o marido chegou, ela contou-lhe o sucedido. -Então diz-lhes que já cheguei e convida-os a entrar. A mulher saiu e convidou os homens a entrar na sua casa.
-Não podemos entrar numa casa os três juntos, explicaram os velhos. -Porquê? Quis saber ela.
Um dos homens apontou para outro dos seus amigos e explicou: O nome dele é Riqueza.
Depois apontou para o outro. O nome dele é Êxito e eu chamo-me Amor. Agora vai para dentro e decide com o teu marido qual de nós três desejam convidar para a vossa casa. A mulher entrou em casa e contou ao seu marido o que eles lhe disseram. O homem ficou muito feliz: Que bom! Já que é assim então convidemos a Riqueza, que entre e encha a nossa casa.
A sua esposa não estava de acordo: Querido, porque não convidamos o Êxito?
A filha do casal estava a escutar da outra esquina da casa e veio a correr. Não seria melhor convidar o Amor? O nosso lar ficaria então cheio de amor. Escutemos o conselho da nossa filha, disse o esposo à sua mulher. Vai lá fora e convida o Amor para que seja nosso hóspede. A esposa saiu e perguntou-lhes: Qual de vocês é o Amor?
Por favor entre e seja o nosso convidado. O Amor levantou-se da sua cadeira e começou a avançar para a casa. Os outros 2 também se levantaram e seguiram-no. Surpreendida, a mulher perguntou à Riqueza e ao Êxito: Eu só convidei o Amor, porque vêm vocês também? Os homens responderam juntos: -Se tivesses convidado a Riqueza ou o Êxito os outros 2 permaneceriam cá fora, mas já que convidaste o Amor, aonde ele vá, nós vamos com ele. Onde houver amor, há também riqueza e êxito. O MEU DESEJO PARA VÓS. Onde haja dor, desejo-vos Paz e Felicidade. Onde haja falta de fé em vós mesmo, desejo-vos uma confiança renovada na capacidade para superá-la.
Onde haja medo, desejo-vos amor e sabedoria.

 


publicado por Fisga às 09:00
link do post | favorito
De Maria João Brito de Sousa a 18 de Fevereiro de 2009 às 01:07
Um abraço para ti, amigo. O Amor é sempre bem vindo! :)


De Fisga a 19 de Fevereiro de 2009 às 15:59
Olá amiga João. E sem ele nada fica perfeito, por mais voltas que leve. Um abraço Eduardo.


De Maria João Brito de Sousa a 19 de Fevereiro de 2009 às 16:11
Tens razão... mas às vezes penso - ou sinto - que as pessoas vêm sempre o Amor na perspectiva em que ele é mais falado, como se fosse um exclusivo entre um casal e não esse Amor abrangente e dinâmico que pode mover montanhas... é muito complexa a minha noção de amor, embora eu sinta que é muito, muito simples...
Abraço grande.


De Fisga a 20 de Fevereiro de 2009 às 18:23
Olá amiga João. Eu vejo as coisas nesta perspectiva: Eu até falei muito sobre o amor e acabei por não dizer nada. porque o amor é uma palavra que não tem adjectivos. é amor e mais nada, quando se fala muito sobre uma coisa que não tem adjectivos, quase sempre se cai na esparrela de não se dizer nada, mas se eu averbiasse muito, parecia que eu queria era despachar, e eu não gosto de parecer o que não sou. Um abraço, e olha que logo já sabes. Eduardo.
Image

RecadosOnline - Para ver os recados deste Carnaval, clique aqui!



De Maria João Brito de Sousa a 20 de Fevereiro de 2009 às 21:13
Sim, eu sei, amigo. Abraço grande.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


.quem sou eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 40 seguidores

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.arquivos

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Outubro 2013

. Julho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Setembro 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.favoritos

. UMA FOTOGRAFIA DE ALICE B...

. QUE SEJA, ENTÃO, PARA SEM...

. OBRIGADA, TAMBÉM POR ISTO...

. ALGUNS BRITOS E SOUSAS

. GRANDE MERGULHO

. No mistério do sem fim

. Viver como as flores

. Mar do Desespero

. Dia dos namorados

. Queria ser a força...

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds